3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

CANTATA DE PASCOA CONHECIDO PELOS CRAVOS BAIXAR


Ocasião: Páscoa Duração: 47 minutos - Conhecido Pelos Cravos - Grupo Louvor Sem Fim» Páscoa Clube de Música - Cantatas e Musicais - Carvalho DO PAGAMENTO E ESTARÃO DISPONÍVEIS POR SETE DIAS PARA DOWNLOAD. Cantata de Páscoa - Conhecido Pelos Cravos Eu não conseguir baixar o kit da cantata Conhecidos pelos cravos Tenor se alguém tiver por. Serve Baixar. Se você veio aqui para baixar um arquivo parabéns, você veio aqui né. O site é feito para pessoas que gostam muito de baixar arquivos.

Nome: cantata de pascoa conhecido pelos cravos
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: MacOS. Android. iOS. Windows XP/7/10.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:48.44 Megabytes

BAIXAR PELOS CRAVOS CANTATA PASCOA CONHECIDO DE

Um oceano De purpurina luz, enxameado De milhares de nuvens multicores Ganhava o firmamento. Usando pouco pedal e um superior trabalho de dedos, consegue produzir num concerto uma imensa variedade de sons. Multiplicati sunt super capillos capitis mei: Multiplicaram-se sobre os cabelos da minha qui oderunt me gratis. Emanuel Cantata de Natal Sobressai o painel que figura o Pentecostes, executado ca. Tu miserere… Tem piedade… Hortus conclusus Horto cerrado Hortus conclusus et fons signatus hymes transit Horto cerrado e fonte selada! O solfejo por escarsejo era mais simples e adaptado ao sistema modal. Antes, por isso, De arrebatar ao povo o seu profeta, Cumpria procurar por mil maneiras, Que dele se afastasse o próprio povo: Foi dos pérfidos este o grande empenho. Fratres: Si consurrexistis Lectio Porém, José o pobre carpinteiro, Porém, Maria a santa, a imaculada, Só encontraram por abrigo — o teto Do escura estrebaria, ou vil presepe! Asperges me hyssopo et mundabor: Asperge-me com o hissope e ficarei limpo. Vem, corre asinha! Cantata de Natal - Alegria Cantata de Natal Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro,

Cantata de Páscoa - Conhecido Pelos Cravos Eu não conseguir baixar o kit da cantata Conhecidos pelos cravos Tenor se alguém tiver por. Serve Baixar. Se você veio aqui para baixar um arquivo parabéns, você veio aqui né. O site é feito para pessoas que gostam muito de baixar arquivos. Conhecido Pelos Cravos 5. Iniciar Download (1º Soprano) · Iniciar Download ( 2º Soprano) · Iniciar Download (Baritomo) · Iniciar Download (Contralto). Baixar CD Cantatas de Páscoa - Conhecido Pelos Cravos - Abertura / Narração Nossa Vitória Narração Conhecido Pelos. Louvor Sem Fim - Conhecido Pelos Cravos (Letra e música para ouvir) - Sua mãe Maria muito amava seu bebe / Mas sabia do futuro a chegar / Cuidou Dele.

No final deste roteiro, inserimos algumas informações adicionais sobre o Quebra-gelo. Materiais : Mesa, uva, suco de uva, nomes digitados raposa e raposinha e 3 versiculos digitados. Versículos: 1- "Eu sou a videira verdadeira e meu Pai o lavrador. Ao qual resisti firmes na fé. Organizem os demais participantes em círculo bem fechado , ao redor da mesa ou bandeja coma as uvas e o suco.

Procedimento: Peça para quem recebeu o versiculo 1 lê-lo "Eu sou a videira verdadeira Pergunte: Qual é o fruto da videira? Eu vou gritar vou! Até o mundo yeah, yeah! Leia o texto juntos Perguntas: 1- O que significa sermos apenas um ramo? Ele é uma consequência, mas consequência de quê? Poderia citar um exemplo? Grundsàtzliche Bemerkungen zur Geschichte der Passionshistorie. Por isso, Cardoso codificou uma tipologia especí- fica para as Paixões portuguesas, de acordo com a natureza dos textos que receberam polifonia, utilizando a nomenclatura encontrada nos Cerimoniais lusitanos, em notícias históricas e, principalmente, nos manuscritos e impressos musicais portugueses com o canto polifônico das Paixões quadro Texto Polifonia somente na parte do Cronista 2.

Versos 2. Ditos de Cristo Polifonia na parte do Cristo e no Proêmio 2. Bradados 3. Bradados integrais Polifonia para toda a parte do Sinagoga 3.

Entre os exemplos repertoriados, no entanto, constatou-se a existência de dois tipos híbridos de Paixões: 1 os Textos e Turbas; 2 os Ditos de Cristo e Turbas.

As Paixões estudadas neste trabalho foram classificadas no quadro 95, com base na tipologia proposta por Pedrosa Cardoso e adaptada ao caso bra- sileiro. Tipologia das Paixões polifônicas encontradas em acervos paulistas e mi- neiros de manuscritos musicais. Turbas 1 - [Pedro de Cristo? Texto 11 - Francisco Luís Dom.

Texto e 16 - André da S. Gomes Dom. Frequência dos tipos de Paixões polifônicas encontradas em acervos paulis- tas e mineiros de manuscritos musicais. Santidade, ano de Cópias mais antigas e mais recentes das Paixões polifônicas encontradas em acervos paulistas e mineiros de manuscritos musicais. XX] 7 - Anónimo 3 [final séc. XVIII] [meados séc.

BAIXAR PASCOA CRAVOS DE CONHECIDO CANTATA PELOS

XIX] 12 - Francisco Luís 1 [meados séc. XIX] 15 - [A. XIX] 16 - André da S. Gomes 4 [meados séc. Ubi vis paremus tibi comedere Pascha? Numquid ego sum, Domine? Quanto às seções "Ut quid perditio haic? Uma hipótese plausível, no momento, seria a maior antiguidade do modelo com mais de dezessete seções e, portanto, a transferência, para o Brasil, de modelos mais tardios.

Jesum Nazarenum 2. Jesum Nazarenum 3. Numquid et tu [ Si non esset hic 5. Nobis non licet 6. Non hunc, sed Barabbam 7. Ave, Rex Judazorum 8. Crucifige, crucifige eum 9. Nos legem habemus Si hunc dimittis 1 1. Tolle, tolle, crucifige eum Non habemus regem Noli scribere Mesmo assim, esse pes- quisador constatou a presença, em acervos portugueses, de Turbas escritas pelos seguin- tes autores: - Antônio Carreira c.

Pedro de Cristo para as Turbas n. A primeira frase das Turbas n. MM 40, f. Pedrosa Cardoso. Além disso, as Turbas n. Imitation and Innovation in the North-Italian Motet, Ao sair da casa, Pedro deparou-se com uma segunda criada que, por sua vez, disse: "Et hic erat cum Jesu Nazareno" Este também estava com Jesus, o nazareno , negando Pedro, pela segunda vez.

As melodias das Ancilas nas Turbas n. E vergonhoso para a mulher falar na igreja. Frase da Ancila em S de [ 9? I I fC Ancilas em S de [ OLS, sem cód.

I [C , baseadas em tonus passionis português. Proêmio n. Je su Chri - sti se - cun - dum, se - cun - dumMa - tha; - um. O Directório ceremonial , de Amaro dos Anjos, descreve uma forma de canto das Paixões, na qual toda a parte do Cronista onde se inclui o Proêmio era executada por um coro a quatro vozes: "[ Parte B [] - Proêmio n.

Parte C [] - Proêmio n. Parte A [] - Proêmio n. Parte H [] - Proêmio n. Parte G [] - Proêmio n. O mais notório deles se refere à presença dos Proêmios n. Assim como nos casos precedentes, nenhuma das cópias brasileiras consultadas 1 89 explicita o nome do compositor.

CD CONHECIDO PELOS CRAVOS BAIXAR

Todas as frases referentes ao cronista, nas Paixões de Francisco Luís incluindo o Proêmio receberam polifonia a quatro vozes. Existe, portanto, forte pos- sibilidade de ter sido André da Silva Gomes o autor do Texto n. Os Textos de Francisco Luís possuem polifonia mais complexa e maior frequên- cia de passagens imitativas que o Texto n.

No Texto n. Cópia de [André da Silva Gomes? Os quatro volumes de MMM cofre, n. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia; Brasília: Instituto Nacional do Livro, P salmos e vilancicos a diversas vozes. Ocidente, Lisboa, v.

Mestre de Capela da Sé de Lisboa, para uso da Sé portuense. Musica, v. A solfa é minha, mas a letra é vossa; nem desconhe- cereis vossas palavras, nem com vossas palavras podem desagradar-vos minhas vozes. Dignus est Agnus, qui occisus est, accipere virtutem, et divinitatem, et sapientiam, et fortitudinem, et honorem, et gloriam, et benedictionem in saecula saeculorum.

Note-se a inexistência de parâmetros exclusivos do estilo moderno: Quadro Símbolos referentes a Cristo Elementos musicais 1. Sol das luzes Apolo das vozes 2. Atraiu a Ele todas as coisas Orfeu divino, cantando na cítara da cruz 3. Cinco chagas Vozes [sons] dos Profetas 4. Sete palavras Sete signos [sete notas da escala diatónica] 5. Texto e Turbas EmB: "impassibilidade". Évora: Officina desta Universidade, É possível, portanto, supor que a melodia do Sinagoga e o "coro à parte" para as Turbas foram copiados em um sistema transpositor, ou seja, cujas notas reais deveriam soar em outra altura, no caso, quinta justa abaixo das notas escritas.

O solfejo por escarsejo era mais simples e adaptado ao sistema modal. Diccionario musical: Contendo: 1. A etymologia dos termos menos vulgares e oss synonimos em geral por [ Rio de Janeiro: B. Garnier, Livreiro Editor, Francesa, ; 2- ed. Methodo de musica [ Coimbra: Real Imprensa da Universidade, Storia delia musica nel Brasile dai tempi coloniali sino ai nostri giorni Milano, Stab. Fratelli Riccioni, Dessa maneira, passaríamos a ter as seguintes relações quadro : Quadro Hic dixit das Turbas n.

Turbas n. T lud. Quem quceritis? Ego sum 3. Dixi vobis, quia ego sum 5. Mitte gladium tuum in vaginam 6. Ego palam locutus sum mundo 7. Si male locutus sum 8.

Conhecido Pelos Cravos - Louvor Sem Fim - 3deko.info

A temetipso hoc dicis 9. Regnum meum non est Tu dicis, quia Rex sum ego 1 1. Non haberes potestatem Mulier, ecce filius tuus Ecce mater tua Sitio As Turbas utilizadas associadas a estes Ditos de Cristo, entretanto, correspon- dem às Turbas n. Ao que tudo indica, estes Ditos de Cristo foram inseridos nas Turbas n.

As partes de S e A da primeira frase foram restaura- das e as mesmas partes da segunda frase foram reconstituídas com base nos conjuntos repertoriados das Turbas n. As Horas Canónicas se soleni- zam de cinco modos: duples maiores, duples menores, semiduples, sím- plices e feriais. A Prima, a Tércia, a Sexta e a Nona ou Noa utilizavam designações romanas para as horas do dia, possíveis de serem medidas pelos relógios de sol, enquanto as Vésperas, as Completas e as Matinas referiam-se a períodos aproximados da noite.

Ofícios Divinos ou Horas Canónicas. Durante a Idade Média esses ofícios foram antecipados para facilitar a assistência dos fiéis. Jaime de Barros Câmara. Imferia 4. Nulla autemfiet altaris thurificatio ad Canticum Nunc dimittis etc. Lo mesmo hazen en otros tiempos, quando por alguna necessidad se hazen processiones. El ojficio de las tinieblas hazemos en la Iglesia sin canto, el qual concluímos toman- do una disciplina con tres Miserere.

Vicente 1? O mesmo fazem em outros tempos, quando, por alguma necessidade se fazem pro- cissões. O Ofício de Trevas fazemos na Igreja sem canto, o qual conclu- ímos tomando uma disciplina com três Miserere. Esse candelabro possui a forma tri- angular e espaço para quinze velas. Título I, Cap. O Caremoniale episcoporum possui instruções mais precisas: "Qua oratione finita, caremoniarius manu scabellum, seu librum percutiens, per breve spatium, strepitum, fragoremque facit, et a cceteris similiter fit, donec cceremoniaruis cereum prasdictum accensum, qui fuerat absconditus, in médium proferat, quo prolato, omnes cessare debent a strepitu.

Estrutura dos Noturnos das Matinas da Semana Santa. Origem bíblica das Lições nas Matinas da Semana Santa. Noturnos D. O canto do Salmo é encerrado pela Doxologia Gloria Patri Deus, in adjutorium Incipit dos textos tridentinos do primeiro Noturno das Matinas do Tríduo Pascal. Quomodo miai Cogitavit mia Et egressus est Lamed. Manum suam misit Aleph. Ego vir videns Incipit Oratio Jeremia Incipit dos textos tridentinos do segundo Noturno das Matinas do Tríduo Pascal.

Exaudi, Deus tini Protexisti me tini Incipit dos textos tridentinos do terceiro Noturno das Matinas do Tríduo Pascal. De Epistola Beati Pauli Em princípio, o Cceremoniale Episcoporum, de livro 1, cap. Pedro e S. Potestne tolerari quod in Officio Feria; IV, V et VI Majoris Hebdomadce cantus Lamen- tationum, responsorium et Psalmi Miserere fiat simul cum sono organum aut aliorum instrumentorum; et quod perdurante expositione Sanctissimi Sacramenti, concinantur versiculi motteti pariter cum sono organi aut aliorum instrumentorum musicalium, sive horis vespertinis Feriai V, sive de mane Feria; VI eiusdem Majoris Hebdomadce?

Ab anno num.

Kit's de Ensaio

Arquivo Na- cional da Torre do Tombo. Título 3, cap. Título 3, Cap. Outros casos necessitam um estudo detalhado para se co- nhecer melhor sua tipologia e seus significados.

Os tipos se referem ao quadro Total 13 9 11 Em termos estilísticos, pode-se estabelecer uma semelhança entre as Matinas n. Na liturgia bracarense existem textos diferentes para os Versículos e Res- postas, para as Lições e para os Responsórios, embora a estrutura das Matinas seja a mesma que se adotou nas edições romanas quadro Além disso, o quinto Responsório tridentino Animam meam dilectam aparece como nono Responsório em Braga, enquanto o oitavo Responsório bracarense Judas mercator pessimus corres- ponde ao quinto Responsório tridentino de Quinta-feira.

Judas, qui dereliquisti consilium pacis, et cum Judxis consiliatus es, tringinta argen- teis vendidisti sanguinem justum. Os tuum afundavit malitia et lingua tua concinabat dolos. Judas, qui dereliquisti consilium pacis, et cum Judaiis consiliatus es, tringinta argen- teis vendidisti sanguinem justum. O Judas, qui dereliquisti consilium pacis, et cum Judxis consiliatus es, triginta argen- teis vendidisti sanguinem justum. Corpore sancti cum ccenantibus recumbebas et mentem invidie furore armabas.

O Judas, qui dereliquisti consilium pacis, et cum Judceis consiliatus es, triginta argen- teis vendidisti sanguinem justum. Responsórios das Matinas de Quinta-feira Santa. Responsórios das Matinas de Quin- ta-feira Santa. Maris Maggiore, Biblioth. Altempsiana und verschiedenen Bibliotheken gesammelt von Franz Xaver Haberl.

Responsórios das Matinas de Quinta- feira Santa. Matinas de Quinta-feira Santa. Matinas de Quinta- feira Santa. As Matinas n. Essa fórmula é constituída de um initium três notas, para o início da cada frase , de uma tu- ba, repercutio, ou simplesmente tenor uma nota repetida, no meio das frases.

Os livros tridentinos empregam todos esses recursos nas três Lições do Primeiro Noturno, mas nas seis Lições restantes das Matinas Segundo e Ter- ceiro Noturnos , utiliza-se apenas as tuba; e, ao final das frases, uma mediatio ou punc- tum de apenas duas notas.

De fato, em um manuscrito intitulado Alphabeto dos escritores Eremitas de S. Para a história do barroco musical português o códice da B. Coimbra: Manoel Rodrigues de Almeyda, Ex tra-cta-tu San-cti Au-gus-ti-ni E-pi-sco-pi su-per Psalmos. E- xau- di De-us o - ra - ti - o- nem me- am, et des- pe- xe- ris de- pre- ca - ti - o- nem me - am: in-ten-de mi-hi, et e-xau-di me. Sa-tagentis, sol-li-ci-ti, in tri-bu-la-ti-o-ne po-si-ti, ver-ba sunt i-sta.

PASCOA PELOS CONHECIDO CRAVOS BAIXAR DE CANTATA

O-rat mui- ta pa-ti-ens, de ma- lo li-be-ra-ri de-si-de-rans. O cantus firmus aparece em vozes diferen- tes, com algumas modificações para se adaptar à escrita polifônica, às vezes apenas sob a forma de vestígios. A Contrapontística Orat multa patiens, de maio liberari desiderans. A Acordai Omnis malus aut ideo vivit, ut corrigatur; aut ideo vivit, [T] Imitativa - motivo 4 Ut per illum bónus exerceatur. A estrutura Laudes do Tríduo Pascal pode ser representada no quadro Unidades funcionais das Laudes do Tríduo Pascal.

Sua estrutura pode ser observada no quadro Benedicamus Domino Deo gradas Fidelium anima O incipit de cada uma das unidades funcio- nais pode ser visualizada no quadro Incipit das unidades funcionais das Laudes do Tríduo Pascal. Vilsecker apresenta, como alternativa, o Salmo 66, Deus, mise- reatur nostri. Somente quatro desses textos possuem polifonia nos manuscritos musicais encontrados em acervos brasileiros: 1 o Miserere primeiro Salmo ; 2 a Antífona do Benedictus; 3 o próprio Benedictus Dominus Deus Cântico de Zacarias ; 4 o Christus factus est Antífona final.

BAIXAR PASCOA PELOS CANTATA CONHECIDO DE CRAVOS

Palisca: "[ A sonoridade do faux- bourdon assemelhava-se, por conseguinte, à de certas passagens do des- cante inglês; a diferença estava em que no fauxbourdon a melodia prin- cipal era a do soprano [ Pierluigi da Palestrina's Werke. Dictionnaire de Musique [ Lisboa, Gradiva, Rio de Janeiro: Zahar Editores, Cest la Psalmodie des Catholiques Romains chantée à plusieurs parties. Le chant de nos Pseaumes à quatre parties peut aussi passer pour une espèce de Faux-Bourdon, mais qui procede avec beaucoup de lenteur et de gravite.

Dictionnaire De Musique [ Lisboa: Typ. Lallemant, , p. Salvador: Janaina, I - Obras Completas de Gregório de Matos, v. Nantes permaneceu no Brasil entre , sabendo-se que em fora afastado das missões. Quimper, Jean Perier, [c. Nacional, Brasiliana, v. X 3 a - Amplius lava me ab iniquitate mea: X 1 b - et a peccato meo munda me.

X 4 a - Quoniam iniquitatem meam ego cognosco: X b - et a peccato meum contra me est semper. X 5 a - Tibi soli peccavi, et malum coram tefeci: X b - ut justificeris in sermonibus tuis, et vincas cum judicaris X 1 6 a - Ecce enim, in iniquitatibus conceptus sum: X b - et in peccatis concepit me mater mea.

X 20 a - Tunc acceptabis sacrificium justitia;, oblationes, et holocausta X X b - Tunc imponent super altare tuum vitulos. X 3 a - Sicut locutus est per os sanctorum, X b - qui a sceculo sunt, Prophetarum ejus. X 4 a - Salutem ex inimicis nostris, X b - et de manu omnium, qui oderunt nos. X 5 a - Adfaciendam misericordiam cum patribus nostris: X b - et memorari testamenti sui sancti. X 1 6 a - Jusjurandum, quod juravit ad Abraham, patrem nostrum, X b - daturum se nobis X 12 a - Illuminare his, qui in tenebris et in umbra mortis sedent: X X b - ad dirigendos pedes nostros in viam pacis.

Nos quadros , e podemos observar as composições em estilo antigo repertoriadas para os três textos fixos das Laudes do Tríduo Pascal. Composições em estilo antigo repertoriadas para o Christus factus est Antífona final das Laudes do Tríduo Pascal. Antífona do Benedictus das Laudes de Quinta-feira Santa. Antífona do Benedictus das Laudes de Sexta-feira Santa.

As composições em estilo antigo repertoriadas para o Miserere e o Benedictus possuem algumas características diferentes das Antífonas das Laudes acima estudadas. Todos os Miserere "Cum incipitur V. Christus factus est, omnes genuflectitunt; et eo finito dicitur Pater noster, totum sub silentio: postea Psalm. Miserere mei aliquantulum altius: quo finito sine Oremus dicitur simili voce Ora- tio.

B ÍV-2 G l. Os Miserere n. Miserere n. Versículos do Miserere n. O Benedictus n. Os Benedictus n. A polifonia do Benedictus n. Ite missa est, alleluia Deo gratias, alleluia Deo gratias Missas da Semana Santa posteriores ao Domingo de Ramos e cerimónias anexas 3. Missas e cerimónias anexas do Tríduo Pascal. Humilitate capi- ta Oremus. Fratres, convenientibus vobis Lectio Fratres: Si consurrexistis Lectio Fra- tres!

Expurgatce vetus Gradual Christus factus est Et cum spiritu tuo Ite Missa est V. Ite missa est, alle- luia Deo gradas, alleluia Embora nesta pesquisa tenham sido analisados manuscritos musicais de somente dez acervos paulistas e mineiros, é possível constatar o menor interesse pelo estilo anti- go na Missa de Quinta-feira Santa. Ante diem festum Pascha? Oleum Cathecumenorum. Na verdade, o Hino utilizado nas duas procissões é o mesmo, sendo utilizado, na primeira, o estribilho e os versos , enquanto na segunda, o estribilho e os versos Venetiis: Typogra- phia Balleoniana, E, da mesma for- ma, todas as Antífonas que possuem Salmos ou Versículos devem ser repetidas.

E, as- sim, em qualquer lugar onde houver o primeiro Versículo de um Salmo. Et sic alice Antiphonce, quce habent Psalmos vel Versus, repetuntur. Et de quolibet dicitur tantum primus Versus. Para estes, fo- ram repertoriados dois espécimes diferentes, cujos códigos podem ser observados no quadro Tractos de Sexta-feira Santa em estilo antigo.

Versículos dos Tractos n. Versículos Tractos n. X X 2 - In médio duorum animalium innotesceris X 3 - In eo, dum conturbata fuerit anima mea X 4 - Deus a Líbano veniet Segundo Tracto 1 - Eripe me, Domine, ab homine maio X x i 2 - Qui cogitaverunt malitias Os Tractos n.

Teoria musical no Brasil: Conduções paralelas nos c. As dezenas de conjuntos repertoriados com essa particularidade parecem ser, portanto, cópias de outros manuscritos antigos, talvez da primeira metade do século XVIII como no caso do Grupo de Mogi das Cruzes , ou mesmo do século XVII. Une découverte au Brésil: les manuscrits musicaux de Mogi das Cruzes, c. Ga- rimpo musical, p.

Uma descoberta musicológica: os ma- nuscritos musicais de Moji das Cruzes, c. Ac deinceps in reliquis juvatur in cantu a ministris usque ad Venite adoremus. Choro autem cantante, Venite adoremus, omnes se prosternunt, excepto Celebrante. Hoc facto revertitur, et accipit calceamenta, et casulam. Postmodum ministri Altaris, deinde alii clerici et laici, bini et bini, ter genibus flexis, ut dictum est, Crucem adorant.

Enquanto o coro canta o Venite adore- mus, todos se prostram, exceto o Celebrante. A Sequência de textos e os respectivos cantores pode ser observada nos quadros e Cantores Impropérios Duol V. Popule meus, quidfeci tibi? Quia eduxi te de terra JEgypti Corol Hagios o Theos. Coro II Sanctus Deus. Corol Hagios ischyros.

Coro II Sanctus fortis. Corol Hagios athanatos, eleison hymas. Coro II Sanctus immortalis, miserere nobis. Duo II V. Quia eduxi te per desertum quadraginta annis Duol V. Quid ultra debui facere tibi, et nonfeci? Ego propter te flagellavi JEgyptum Ego eduxi te de Aigypto Coro Popule meus, quid feci tibi? Ego ante te aperui mare JJUO 1 V. Ego ante te prceivi in columna nubis Ego te pavi manna per desertum DUO 1 V. Ego te potavi aqua salutis de petra Cnrn Pfinijls? Ego propter te Chananceorum reges percussi Ego dedi tibi sceptrum regale Ego te exaltavi magna virtute Mes- mo assim, é possível verificar que os Impropérios n.

Os Impropérios n. Preceptis salutaribus moniti O Hino possui sete estrofes quadro Vexilla Regis prodeunt: fulget Crucis mysterium, qua vita mortem pertulit, et morte vitam protulit Qua;, vulneratus, insuper, mucrone diro, lanceai ut nos lavaret crimine, manavit unda et sanguine.

Impleta sunt quce concinit David fideli carmine, Dicens: in nationibus regnavit in ligno Deus. Qua, vulnerata lancae mucrone diro, criminum ut nos lavaret sordibus, manavit unda et sanguine. Impleta sunt, qua: concinit, David fideli carmine, Dicendo nationibus: regnavit a ligno Deus. Arbor decora, et fulgida, ornata Regis purpura, electa digno stipite, tam sancta membra tangere. Arbor decora et fulgida, ornata Regis purpura, electa digno stipite, tam sancta membra tangere.

Beata, cujus brachiis scecuIí pependit pretium: state rafacta corporis, pradamque tulit tartari. Beata, cujus brachiis pretium pependit saiculi: staterafacta corporis, tulitque pradam tartari. Te, summa Deus Trinitas, collaudet omnis spiritus: quos per Crucis mysterium salvas: rege per scecula.

Te, fons salutis, Trinitas, collaudet omnis spiritus: quibus Crucis victoriam largiris, adde prcemium. Deo gratias. Flectamus genua. Dominas vobiscum R. Mesmo assim, é possível observar no manuscrito algumas particularidades de grande significado histórico. O canto da Ladainha é alternado entre dois cantores e um coro e seu texto pode ser esquematizado no quadro Seções 2 cantores coro 1 1 Kyrie, eleison.

Kyrie, eleison. Christe, eleison. Christe audi nos. Christe exaudi nos. Pater de ccelis Deus. Miserere nobis. Fili Redemptor mundi Deus. Spiritus sancte Deus. Sancta Trinitas unus Deus. Ora pro nobis. Sancta Dei genitrix. Sancta virgo virginum. Intercede pro nobis. Propitius esto. Parce nobis Domine. Exaudi nos Domine. Ab omni maio. Libera nos Domine. Te rogamus audi nos. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi. Et totum decantai ter elevando vocem gradatim: et Chorus post quamlibet vicem, in eodem tono repetit illud idem.

No período em que o estilo moderno estava se estabelecen- do no Brasil, principalmente em Minas Gerais, o Alleluia da Missa foi a primeira unida- de funcional de toda a Semana Santa a receber instrumentos, afora o baixo.

Jus Musicae Liturgicae: dissertado historico-iuridica. Roma: Ediuzioni Liturgiche, O primeiro e terceiro versículos dos Miserere n. Mas é na estrutura cadenciai e na melodia para o segundo versículo que reside sua maior peculiaridade.

Os instrumentos de som agudo quase sempre dobram a parte vocal, mas utili- zam uma outra fórmula melódica, enquanto o cantor entoa a tuba exemplo O Miserere n. Nas imponentes Fes- tas da Semana Santa, além das cerimonias que decorrem na Catedral românica, salientam-se as grandiosas procissões de 'Senhor Ecce Ho- mo', na noite de Quinta-feira e a do 'Enterro do Senhor', na Sexta-feira Santa, num percurso que acompanha as muralhas da velha cidade roma- na ao longo dos 'passos', autênticos altares de rua; [ Junto ao local, postam-se pessoas que, com o auxílio de vestes e símbolos, representam personagens do Antigo e do Novo Testamento, como evangelistas, profetas, apóstolos e soldados romanos.

O coro começa a cantar o texto Heu! Do- mine! Salvator noster! Festas religiosas. Lisboa: ICEP, [c. O modo, porém, de se fazer é diverso, porque em algumas partes se faz com o Santíssimo Sacramento, em ou- tras com uma imagem do Senhor morto.

Godinho Viegas [ Thezouro de ceremonias Braga: Francisco Duarte da Matta, , p. Utilizando -se uma das hóstias consa- gradas na missa solene de Quinta-feira Santa. Essai sur la musique religièuse portuguaise au moyen age Sal-va-tor no - ster! Coro Pu- pil - li fa - cti abs- que pa - tre,. Tiples He - u! Sal - va - tor no ster! Coro Pu - pil - li fa - cti su-mus abs- que pa - tre, — ma - ter no- stra — vi - du - a.

Braga, Pu-pil - li fa- cti su-mus abs- que pa - tre, ma-tres no - staequa-si vi - du-a?. Parisiis, Tornaci, romae: Typis Societatis S. Lisboa: Francisco Luis Ameno, , p. Sal - va - tor no - ster! Roma, , v. Lisboa, Brotéria, Apud: Idem. Salvador nosso! Carta ao Padre Diego Miron, Lisboa. Porto Seguro, 15 de fevereiro de Monumenta Brasiliae. Roma, Monumenta Histórica S. De acordo com Diogo Barbosa Machado Bi- bliotheca lusitana, v.

Gregório de Souza e Gouvea. Livro III, título 14, n. Afora os espécimes anteriormente cita- dos, é conhecido um manuscrito com um Heu! Estribilho c. He etc. Cópia de Francisco Gomes da Rocha [? A polifonia portuguesa em obras de brasileiros. Barroco, Belo Horizonte, n.

VIII Os mestres da capela , p. Economicon sacro Lisboa: Manoel Lopes Ferreyra, , p. Manual da Semana Santa Lisboa: Regia Officina Typo- grafica, , p. Lugduni: Petrus Fradin, , f. Salvator nos- ter! Aistimatus sum V. Fui computado R. Cum descendentibus in lacum factus sum sicut homo, sine adjutorio inter mortuos líber R. Com os que descem ao lago do sepulcro. Fui feito, como um homem sem auxilio, porém li- vre entre os mortos.

Sepulto Domino V. Sepultado o Senhor, R. Signatum est monumentum, volventes lapidem ad ostium monumenti, ponentes milites, qui custodirent illud. Fechou-se o Monumento, encostando -lhe à porta uma pedra, e pondo-lhe soldados, que o guardassem. In pace factus est V.

PELOS CANTATA CONHECIDO DE CRAVOS BAIXAR PASCOA

Formou-se na paz R. Locus ejus R. In pace in idipsum V. Na paz com ele mesmo R. Dormiam et requiescam R. Dormirei, e descansarei. Caro mea V. A minha carne R. Requiescet in spe R. Economicon sacro. In pacefactus est locus ejus V.

Habitou em paz no seu lugar R. Et habitatio ejus in Sion. Minha carne R. Requiescet in Spe.

Conhecido Pelos Cravos

Nesta mesma paz R. Dormiam, et requiescam. Dormirei e descansarei. Sepulto Domino, signatum est monumentum, volventes lapidem ad ostium monumenti: R. Sepultado o Senhor, lacraram o sepulcro e moveram a pedra para a porta da sepultura. Accedentes Príncipes Sacerdotum ad Pilatum, petierunt illum: V. C - Defecit gaudium cordis, versus est in luctum chorus noster. I C - Deduc quasi torrentem lacrimas per diem et noctem et non taceat pupilla oculi tui.

Existem diferenças também na segunda parte da cerimónia. In pace factus est locus ejus R. Traité de la viole: Avec une préface de François Lesure. Genève: Minkoff reprint, Sexta-feira Santa [30 de março], ao desencerrar do Se- nhor, certos mancebos [indígenas] vieram à nossa igreja; traziam uma Verônica de Cristo mui devota, em pano de linho pintado, dois deles a ti- nham e juntamente com outros dois se disciplinavam, fazendo seus tro- cados e mudanças.

Petrópolis: Typographia das "Vozes", Rio de Janeiro: Barsa, Jus Musicae Liturgicae: dissertatio historico-iuridica. Roma: Ediu- zioni Liturgiche, Domine Deus! Corbin acrescenta que os três versículos seguintes foram extraídos das Lamenta- ções de Jeremias versículo 3 - Pupilli facti summus; versículo 15 - Defecit gaudium; versículo 16 - Cecidit corona e um deles pode ter sido baseado também em um trecho do Livro da Sabedoria 2, 20 , que se refere aos ímpios: "Morte turpissima condemne- mus eum: erit enim ei visitatio ex sermonibus illius".

CONHECIDO BAIXAR DE PELOS CRAVOS PASCOA CANTATA

O terceiro versículo Pupilli As indicações de origem podem ser observadas no quadro Versículos da primeira par- te Origem bíblica Heu! Lamentações de Jeremias, 5, 16 C - Spiritus cordis nostri Pupilli facti sumus absque patre, mater nostra quasi vidua.

Cecidit corona capitis nostri. Vce nobis, quia peccavimus. Parce nobis, Domine: nihil enim sunt dies nostri. Versículos da primeira parte Origem bíblica a - Pupilli facti sumus Lamentações de Jeremias, 5, 16 c - Defecit gaudium Lamentações de Jeremias, 5, 15 texto original d - Spiritus o ris nostri Lamentações de Jeremias, 4, 20 texto original e - Quomodo sedet Lamentações de Jeremias, 1, 1 f - Versa est in luctum Lamentações de Jeremias, 5, 15 g - Et convertam Livro de Amós, 8, 10 h - Et versa est victoria Accedentes príncipes Boletim Ecclesiastico: orgam official da Diocese de S.

Cónego Dr. Em seguida Ofício de Trevas. Partes preservadas de "Cantus. Sal - va-tor no ster! Devagar L V g 8 f? Primeiro motivo, na parte de S, c. Depois disso canta-se o Tantum ergo quinta e sexta estrofes do Hino Pange lingua gloriosi , o Versículo Panem de ccelo prcestitis eis, alle- luia e sua Resposta Omne delectamentum in se habentem, alleluia pelo bispo e pelo povo. Benedicamus Domino. Alleluia, alleluia. O conjunto mais singular é o terceiro, um arranjo para Harmónio de J.

Justi- no? Agnus Dei, qui tollis peccata mundi: miserere nobis. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi: dona nobis pacem. Liturgia dos defuntos e Ofícios de Sepultura 3.

I, cap. Livro I, cap. Recentemente H. Potiron, bem versado em liturgia e com o visto de D. Cardine, organista de Solesmes e de D.

Gajar, mestre do coro da mesma Abadia, publicou o acompanhamento de todo o ofício, tendo o imprimatur de D. Joaquin Pena e Higino Anglés informam que "[ Dello stesso si ha anche un 'Ojficio de defuntos' per 'Otto voei' ed organo, con basso cifrato, ed una 'Messa pro defuntis'. Pesquisas luso-brasileiras. Estudos Baianos, Universidade Federal da Bahia, n. O texto das quatro partes do memento corresponde ao Responsório IV do Ofício dos defuntos. Para esse autor, os dois Responsos dos Defuntos "[ Cantores Texto 1 Só R.

Memento mei, Deus. De profundis clamavi ad te, Domine. Coro Domine, exaudi vocem meam. Só Kyrie, eleison. Coro Christe, eleison. Presbítero Pater noster Et ne nos inducas in tentationem. Coro R. Sed libera nos a maio. A porta inferi. Erue, Domine, animam ejus eorum.