3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

BAIXAR LIVRO ELE AINDA REMOVE PEDRAS MAX LUCADO


O livro Ele Ainda Remove Pedras (Max Lucado), da Editora CPAD trás histórias da Bíblia mostrando o que Cristo fez e ainda faz. O livro digital (ebook) “livro-ele-ainda-remove-pedras” está disponível para ( caso não carregue por conta do tamanho do arquivo, clique acima “baixar livro”). Comparar, baixar pelo melhor preço, fazer o download e ler opiniões do livro " Ele Ainda Remove Pedras (Max Lucado)".

Nome: livro ele ainda remove pedras max lucado
Formato:ZIP-Arquivar (Livro)
Sistemas operacionais: Android. Windows XP/7/10. iOS. MacOS.
Licença:Grátis (* Para uso pessoal)
Tamanho do arquivo:31.30 MB

REMOVE LUCADO AINDA LIVRO MAX BAIXAR ELE PEDRAS

Ele fez isto pelo meu amigo Rafael R os ales. Uma Abigail pode salvar uma família. Nem sequer podia ficar em pé. Carrapich os doem. Muitos brincam que, fosse tal crença verdadeira, os lupanares estariam repletos de genitoras de juízes de futebol. Ele satisfez suas necessidades Mt 6. Quando o assunto é vida após a morte, recebem os este direito. Sabem os que Deus é bom. Algo remotamente parecido aconteceu no campo de prisioneiros de Chungkai.

O livro digital (ebook) “livro-ele-ainda-remove-pedras” está disponível para ( caso não carregue por conta do tamanho do arquivo, clique acima “baixar livro”). Comparar, baixar pelo melhor preço, fazer o download e ler opiniões do livro " Ele Ainda Remove Pedras (Max Lucado)". Boa noite Maria, procurei seu livro no google e em outros saites e não tive sucesso Boa sorte com a busca. Ele Ainda Remove Pedras. Cód: Max Lucado. Por que a Bíblia contém Sobre o Autor. Nome do Autor; Max Lucado. Categoria. Livros; Devocional. Max é iluminado e seus livros são sempre maravilhosos. Em “Ele ainda remove pedras”, Lucado aborda sentimentos presentes em todos nós e em como.

A chegada do anjo, eu aceitei. As perguntas que as pessoas faziam sobre a gravidez, consigo tolerar. A viagem a Belém, tudo cer- to. Mas por que o nascimento do bebê em uma estrebaria.

Foi o que o anjo disse. Ê nisso que Maria acredita. E Deus, meu Deus, é nis- so que eu também quero acreditar. Mas tenho certeza de que o senhor entende. Parece muito Sou um carpinteiro. Faço as coisas se encaixarem. Meço as bordas. Sigo o prumo. Só corto a madeira depois de medir duas vezes. Gosto de ter um plano. Gosto de ver o plano antes de começar.

Desta vez, sou apenas uma ferramenta. Um prego entre seus dedos. Acho que é uma bobagem de minha parte questionar o senhor. Perdoe-me por todo esse conflito. Só mais uma coisa, Pai. Sabe aquele anjo que o senhor mandou? Daria para enviar outro? Pode ser o dono da hospedaria, um viajante, tanto faz. Até um pastor serve. Talvez sim. Perguntou a Deus se ainda estava no caminho certo.

Perguntou se deveria virar à esquerda ou à direita. E, depois, perguntou se esse esque- ma todo faz parte de algum plano. Cada um de nós sabe o que é atravessar a noite procurando uma luz. No acostamento de uma estrada. No gramado bem cuidado de um cemitério. Fizemos as nossas perguntas. Questionamos os planos de Deus.

E ficamos tentando imaginar por que Deus faz as coisas assim. Ele obedeceu quando o anjo o chamou. Ele obedeceu quando Maria explicou o que estava acontecen- do. Ele obedeceu quando Deus o enviou. Ele foi obediente a Deus. Ele foi obediente quando o céu estava claro. Ele foi obediente quando o céu estava escuro. Encerrou seus negócios, fez as malas, pegou a família e partiu para outras terras. Porque foi o que Deus mandou fazer. E quanto a você?

Tal como José, sua tarefa é compreender que Jesus foi trazido à terra para fazer parte de seu mundo. E, tal como José, você tem uma escolha a fazer: obedecer ou desobedecer. E por José ter obedecido. Deus o usou para mudar o mundo. Deus ainda procura pessoas como José hoje em dia. Homens e mulheres que acreditam que o Senhor ainda tem muita coisa a fazer neste mundo. Gente comum que serve a um Deus incomum. Você se dispõe a ser uma pessoa assim? Mas ele respondeu à mais importante: — O senhor continua comigo, Deus?

E foi por intermédio do primeiro choro do menino-Deus que veio a resposta. Muitos buracos na cerca. Muitos retratos. Somos importan- tes para ele? Ele ainda ama seus filhos?

Por intermédio do rostinho daquele bebê nascido em uma estre- baria, ele diz "sim". Sim, a morte foi derrotada. E sim. Deus entrou em seu mundo. Deus conosco. Leia Hebreus Que conselho podemos encontrar no versículo 13 para nos ajudar a obedecer juntos a Deus?

Estando Jesus em casa, foram comer com ele e seus discípulos muitos publicanos e "pecadores". Vendo isso, os fariseus pergun- taram aos discípulos dele: "Por que o mestre de vocês come com publicanos e 'pecadores'? Assim, Mateus se levantou e passou a segui-lo Mateus O mais surpreendente nesse convite foi a pessoa convidada: um coletor de impostos.

Combine a ganância de um executivo ines- crupuloso com a arrogância de um televangelista cheio de afetações. O que resulta dessa mistura? Um coletor de impostos do século I. De acordo com os judeus, os coletores de impostos estavam abaixo dos plânctons na cadeia alimentar. Contanto que César recebesse aquilo que lhe cabia, os coletores poderiam ficar com o restante.

Coletores particulares contratavam outros para fazer o trabalho sujo. Tiravam tudo do povo. Pode apostar: todo mundo evitava Levi. Os vizinhos estavam organizando um churrasco? Ele nunca era convidado. O nome dele sempre era excluído da lista.

O sujeito era evitado como um vírus. Todos procuravam manter tanta distância de Mateus quanto possível. Todos, menos Jesus. Mateus levantou-se e o seguiu" Mateus Mateus devia estar preparado.

Jesus nem teve de insistir muito. Havia muita gente comendo com eles: publicanos e outras pessoas" Lucas Vamos tentar imaginar. Consigo ver Mateus voltando para seu escritório e reco- lhendo todos os seus pertences. Seus colegas de trabalho começam a fazer perguntas. Ele murmura alguma coisa sobre uma mudança de emprego. As pessoas parecem sem jeito, como se estivessem tristes e, ao mesmo tempo, intrigadas. Ele sente um nó na garganta.

Os pais alertam os filhos a respeito de pessoas desse tipo. Usam uma hnguagem muito vulgar. A moralidade delas é rasa.

Tudo bem, amigo é amigo, mas o que ele pode fazer? Convidar os colegas para que também sigam Jesus? Eles gostam tanto de pregadores quanto ovelhas gostam de açougueiros. Sendo assim, sem saber o que mais fazer, ele encolhe os ombros e sacode a cabeça.

Ele ainda remove pedras – max lucado

Mais tarde, naquele dia, acontece a mesma coisa. Ele vai até o bar para fechar sua conta. Depois ele se encontra com Jesus durante o jantar e fala a respeito de seu problema. Sabe como é, os colegas de trabalho. E os amigos do bar. Vou sentir falta deles. Veja o Josh, por exemplo. Tem também o Bruno da academia. É capaz de esmagar uma pessoa como se fosse uma barata, mas nunca tive um amigo mais leal.

Pagou minha fiança por três vezes. Jesus pede que Mateus prossiga. Tenho meu círculo de amizades, sabe como é? Jesus começa a sorrir e balança a cabeça. Você acha que eu vim a este mundo para con- finar as pessoas?

Deixe-me perguntar uma coisa: o que você gosta de fazer? Jogar boliche? Jogar videogame? Você é bom de bola? Os olhos de Mateus brilham. Parto para cima de um bife na chapa como o grande peixe avançou sobre Jonas. Junte a turma toda e faça umas brincadeiras. Hoje à noite vai ter comes e bebes em minha casa. Avise aos caras para virem acompanhados. Ele apresenta Pedro aos membros do clube dos coletores de impostos e Marta ao pessoal da cozinha. E quanto a Jesus? O que poderia ser melhor?

Pecadores e santos no mesmo recinto, e nenhum deles tentando julgar os outros. Mas quando a noite começa a avançar, a porta se abre e uma brisa gelada penetra no ambiente. É aí que entra a patrulha religiosa com sua piedade de fachada. Carregam imensos livros de capa preta sob o braço. Mateus é o primeiro a sentir o calor. Que história interessante. Mateus deixa de ser um sujeito trai- çoeiro para se tornar um discípulo.

Ele organiza uma festa que deixa a direita religiosa perturbada e Cristo orgulhoso. De fato, uma história e tanto. O que fazer com ela? Isso depende de saber em qual lado da mesa do coletor de impos- tos você se encontra. Eu e você somos como Mateus. Você e eu?

Faça como Mateus. Pode ser que você acabe escrevendo seu próprio Evangelho. Você sabe como preparar um bife na chapa? A partida incluía dois pregadores, o líder de uma igreja e um "Mateus" dos tempos modernos. A altura do nono buraco, ele se virou para mim e disse, sorrindo: "Estou muito feliz pelo fato de vocês serem caras normais.

Obrigado por rirem de minhas piadas e também por contarem outras. Obrigado por serem pessoas normais. Às vezes, o discipulado se define dessa maneira: ser uma pessoa normal.

Por que a festa de Mateus deixou a direita rehgiosa aborre- cida? Que situações similares você enfrenta hoje em dia? Você costuma reagir como Cristo ou sua resposta é igual à dos hderes rehgiosos? O que o autor realmente quer dizer quando pergunta: "Você sabe como preparar um bife na chapa? Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume.

Mas aquele a quem pou- co foi perdoado, pouco ama. Ele, um líder de igreja. Ela, uma mulher da vida. Ele vive de defender padrões de conduta. Porque, afinal de contas, ele é estudante de teologia, um clérigo. Qualquer um o escolheria. Qualquer um, é claro, exceto Jesus. Jesus conhecia os dois. E escolheria a mulher.

Jesus escolhe a mulher. Afinal de contas, o jantar é formal. Só para convidados. A nata da sociedade. Crème de la crème. Quem deixou a ralé entrar? Ela lhe beija os pés! Pois Jesus os ouviu, e quando o fez, decidiu compartilhar alguns pensamentos dele também. Nenhum dos dois tinha com que lhe pagar, por isso perdoou a dívida a ambos. Portanto, eu lhe digo, os muitos pecados dela lhe foram perdoados; pois ela amou muito. Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama.

Nenhuma das cortesias habituais. Nada de lavar os pés do convidado. Óleo sobre sua cabeça? Nem pensar. Muito prova- velmente uma prostituta. Todo mundo para e fica olhando. Alguns coram de vergonha. Foi por causa dele. Cada movimento dela é calculado e significativo. Cada gesto é exagerado. Ela encosta a face nos pés dele, ainda empoeirados pela caminhada. Ela usa as duas coisas para lavar os pés de Cristo.

No entanto, ele é rude, distante. A mulher deveria ser a mais propensa a evitar Jesus. Em contrapartida, o amor que ela expressa é extravagante e arriscado. Como explicar a diferença entre os dois? Pense nisso. Qual é o tesouro que ela preza tanto, mas ele ignora? Simples: o amor de Deus. Alguém contou a ela como Jesus tocou leprosos e transformou cobradores de impostos em discípulos? Mas de uma coisa temos certeza: ela chegou sedenta. Sedenta por causa da culpa.

Sedenta por causa do arrependimento. Ela chegou sedenta.

Max Lucado

Ela bebe até que a graça escorre por seu queixo e desce para o pescoço e o peito. Aquela mulher bebe até que cada centímetro de sua alma esteja hidratada e leve. Ela chega sedenta e bebe. Bebe até o fim. Assim, enquanto ela bebe, ele cospe. Por causa do Princípio Leia mais uma vez o versículo 47 do capítulo 7: " Tal como a aeronave, essa verdade pode elevar você a outro nível.

MAX LUCADO AINDA REMOVE PEDRAS BAIXAR LIVRO ELE

Leia mais uma vez: " Se nunca recebemos amor, como podemos amar os outros? Ah, mas como tentamos! Como se pudéssemos conjurar o amor a partir apenas da força da vontade. Como se houvesse dentro de nós uma fogueira de afeto que só precisa de mais um pedaço de madeira ou um fogo um pouco mais intenso. Qual é a nossa estratégia típica ao tratar um relacionamento conturba- do? Tentar com mais empenho.

Tudo bem. Dentes cerrados. Queixo firme. Vamos amar até a morte! E pode ser que isso aconteça mesmo. Para você conceder amor, primeiro precisa recebê-lo. Quer ser uma pessoa mais amorosa? Comece aceitando o seu lugar como filho querido e amado. Deseja aprender a perdoar? Pense no modo como Cristo faz isso com você. Precisa de mais paciência? Beba da paciência de Deus 2 Pedro Acha a generosidade uma virtude enganosa?

Deus suporta você quando age da mesma maneira. Ah, pode ser que nos saiamos bem por determinado período. Mas os nossos relacionamentos necessitam de mais do que um simples gesto social. Precisamos derramar o óleo de nosso amor sobre os nossos filhos. Precisamos da ajuda de alguma fonte externa. Seríamos capazes de amar como Deus ama? Assim, começamos rece- bendo o amor de Deus. Nós, que pregamos, somos culpados de pular a primeira etapa. Primeiro, o depósito: Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigénito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele.

O segredo para amar é ser amado. Esse é o passo inicial esquecido nos relacionamentos. Essa é a minha tarefa tradicional de Ano Novo: retirar os ornamentos, levar o pinheirinho para fora e varrer as folhinhas. E a culpa é da falta de raiz.

Durante duas semanas, aquele pinheirinho ficou plantado em um vaso de metal. É um sujeito vistoso, bem-vestido, mas se desfaz todo quando leva uma ou duas pancadas. Essa história parece familiar? Você se desfaz com facilidade? Se isso acontece, o seu amor pode estar plantado no solo errado. Muita gente nos orienta a amar. Só Deus nos proporciona o poder para tal.

Sabemos o que Deus quer que façamos. Mas como podemos fazer isso? Como ser paciente com gente que nos oferece a cordialidade de um urubu e a ternura de um porco-espinho? Como perdoar os avarentos e os covar- des que conhecemos, amamos e com quem até nos casamos?

De que maneira podemos amar como Deus ama? Até queremos. Mas como? Sendo amados. Seguindo o Princípio primeiro, receber; depois, amar. Quer tentar? E nenhuma parte desse texto consegue chegar com tanta propriedade ao cerne do amor quanto os versículos 4 a 8. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca perece. Fiz isso e vi como eu era men- tiroso. É melhor parar por aqui! Pergunte à minha mulher e aos meus filhos.

Às vezes, Max pode ser um grande cabeça-dura! Esse é o meu problema. Durante anos, esse foi o meu problema com esse texto da Bíblia.

Ninguém consegue. Permita-me inserir o nome de Jesus no lugar da palavra "amor" para vermos como cai bem. Jesus é paciente, Jesus é bondoso. Jesus tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Jesus nunca perece. Deixados no altar. Deus ama você. Outros prometeram e falharam, mas Deus prometeu e cumpriu. Ele ama você com um amor infalível. E se você permitir, esse amor divino pode encher a sua vida. É um amor que vale a pena. Por isso, venha.

Pode vir sedento e beber à vontade. Como é que alguém "recebe" amor? Como é que uma pes- soa pode "recusar" amor?

Como você pode cobrir as pessoas com o "óleo" do seu amor? Até que ponto você precisa ser coberto com o "óleo" do amor de outras pessoas?

Faça o download também: FILME RESIDENT EVIL DEGENERATION BAIXAR

Leia Lucas Que princípio Jesus desenvolveu no versículo 47? De que maneira esse princípio pode ser apli- cado em sua vida? Pense na pessoa mais próxima a você seu cônjuge, um amigo, o filho, um parente etc. Ele tinha cinco anos de idade quando chegou a notícia de Jezreel de que Saul e Jônatas haviam morrido. Sua ama o apanhou e fugiu, mas, na pressa, ela o deixou cair, e ele ficou manco. Seu nome era Mefibosete.

Perguntou-lhe Davi: "Resta ainda alguém da família de Saul a quem eu possa mostrar a lealdade de Deus? Quando Mefibosete, filho de Jônatas e neto de Saul, compareceu diante de Davi, prostrou-se, rosto em terra. Ele respondeu: "Sim, sou teu servo. Talvez você prefira ler na cozinha. Eu me adaptei muito bem porque era um sujeito solteiro que adorava comer.

Algumas igrejas promovem jantares cujo resultado é incerto. Pessoas nunca vistas nos bancos da igreja podiam ser encontra- das na fila, prontas para se servir.

Para os homens, era uma comilança descarada. Meu Deus, era muito bom, um autêntico festival de travessas e formas. O sujeito vira pastor só para comer bem nessas ocasiões. Enquanto os outros ficavam plane- jando o que iriam cozinhar, eu estudava as técnicas de armazenagem de alimento dos camelos.

Sabendo que eu teria de levar alguma coisa, começava a vasculhar as prateleiras de minha cozinha no domingo à tarde. Uma de minhas melhores contribuições foi um pacote fechado de batatas fritas; a mais pobre foi uma lata de sopa de tomate. Elas pegavam o pote de amendoins, colocavam sobre a longa mesa com o restante da comida e me entregavam um prato. Encha seu prato. Purê de batatas com molho de carne. Galinha frita. Eu pegava um pouquinho de cada coisa, menos os amendoins.

Eu chegava como um pobre e saía dali como um rei! Ele diria que Cristo faz por nós exatamente a mesma coisa que aquelas senhoras faziam por mim. Cristo morreu pelos ímpios.

Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores. Qualquer pessoa ques- tionaria a lógica do pai. A garota tinha um temperamento destrutivo, era desobediente e desonesta. Um dia, ela voltou da escola e revirou a casa à procura de dinheiro. A resposta dele foi simples: — Sim, eu sei. Mas eu disse para ela que era. Uma coisa é amar quan- do a pessoa é forte, obediente e submissa. Esse é o teste do amor. E Deus passou no teste: "Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores" Romanos Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado dos pés.

Ele tinha cin- co anos de idade quando chegou a notícia de Jezreel de que Saul e Jônatas haviam morrido. Sua ama o apanhou e fiigiu, mas, na pressa, ela o deixou cair, e ele ficou manco. Mefibosete foi enxertado na Bíblia. Depois, o texto segue em frente.

No entanto, isso basta para levantar uma série de questionamentos. Quem era aquele garoto? Por que sua história faz parte das Escrituras? Um pouco desse histórico ajudaria a entender. Mefibosete era o filho de Jônatas e neto de Saul, que foi o primeiro rei de Israel. Saul e Jônatas foram mortos em batalha, deixando o trono livre para ser ocupado por Davi.

Naquela época, o novo rei costumava marcar seu território exterminando a família do rei anterior. Por isso, fugiu apressadamente.

Com a morte do pai e do tio, ele seria o herdeiro natural ao trono. Por isso, a família saiu correndo. Ele seria um aleijado para o resto da vida.

Se a história de Mefibosete começou a parecer familiar, é natural. Você e ele têm muita coisa em comum. Mefibosete entenderia o retrato que Paulo faz de nós, os pobres, "quando ainda éramos fracos" Romanos Por aproximadamente duas décadas, o jovem príncipe viveu em uma terra distante, incapaz de caminhar para ver o rei, temeroso demais para falar com ele. Ele era fraco. Enquanto isso, o reino de Davi florescia.

Sob sua liderança, Israel ficou dez vezes maior do que era quando ele começou a reinar. Davi nunca foi derrotado no campo de batalha. Israel estava em paz. As pessoas se sentiam gratas. Jônatas se consi- derava "amigo leal" de Davi 1 Samuel Assim Jônatas fez uma aliança com a família de Davi Percebe como Davi manteve isso como uma lembrança carinhosa em sua mente? Consegue imaginar o rei refletindo sobre esse momento, anos depois? De pé, na sacada, olhando a cidade em segurança.

Montado em seu corcel, cavalgando por vastos campos. E, em sua fraqueza, ele recebeu ajuda. Davi foi libertado; agora ele deseja fazer o mesmo. Um servo de nome Ziba conhece um descendente. O rapaz era "aleijado dos pés". E em que ele poderia ajudar? Durante esses anos todos ele viveu em Até o nome é estranho, significa "lugar estéril".

Essas palavras, porém, jamais foram pronunciadas. Aquele filho. Muita gente sabe o que é carregar um estigma.

A cada vez que o nome da pessoa é mencionado, a calamidade vem a reboque. Aquele que acabou de se separar, lem- bra? Lembra-se dele?

O que vivia bêbado. É uma vergonha ela ter de criar aqueles filhos sozinha. O seu Rei. Ele se refere a você como filho ou filha.

Quando as pes- soas mencionavam seu nome, também se referiam ao problema que ele tinha.

21 Best LIVROS images in | Book lists, Literatura, Reading lists

Mas quando o rei mencionou seu nome, referiu-se a ele como "filho". E uma palavra palaciana equivale a mil vozes das ruas. Ele foi levado à presença do rei, onde se prostrou com o rosto em terra e declarou: " Seu temor é compreensível. Embora tivesse ouvido falar da bondade de Davi, qual a garantia que tinha? A ansiedade estava no rosto que tocou o solo em reverência ao rei.

Mefibosete foi chamado, encontrado e resgatado; ainda assim, ele precisava ter certeza.

LIVRO PEDRAS MAX REMOVE ELE LUCADO BAIXAR AINDA

Paulo diz que temos essa segurança. O apóstolo aponta para a cruz como nossa garantia do amor de Deus. Deus provou seu amor por nós ao sacrificar seu Filho. Antes, Deus enviara profetas para pregar; agora, ele envia seu Filho para morrer.

Antes, Deus incumbira anjos de nos ajudar; agora, ele oferece o Filho para nos redimir. Incapaz de provar sua inocência, ele foi condenado e sentenciado a morrer como morrem os desertores.

No bolso de sua camisa foi encontrada a carta assinada pelo presidente. Ele encontrou coragem na graça. Eu me pergunto quantos milhares também encontraram coragem na cruz do Rei. E era exatamente isso que Davi queria fazer pelo jovem príncipe. Sem hesitar, Davi devolveu a Mefibosete todas as suas terras, plantações e servos.

Em seguida, insistiu que o aleijado comesse à mesa do rei. Permita-me passar a palavra a Charles Swindoll para que ele possa aju- dar você. Davi se dirige à ponta da mesa e se senta. Poucos momentos depois, chega Amnom — o esperto e calculista Amnom — para se sentar à esquerda de Davi. A doce e graciosa Tamar, jovem bela e encantadora, chega e se coloca ao lado de Amnom.

Naquela noite, em especial, Joabe, o guerreiro corajoso que comanda as tropas de Davi, foi convidado para partici- par do jantar. Homem musculoso e bronzeado, ele se senta perto do rei. Depois, todos esperam. Eles ouvem o som de pés arrastando, o barulho das muletas tocando o solo até que Mefibosete, mesmo desa- jeitado, encontra seu lugar à mesa e se senta [ Filhos da realeza, aleijados pela queda, permanentemente marcados pelo pecado.

Vivendo vidas tortas nas crônicas da terra, lembrados ape- nas pelo Rei. Embora capenguemos mais do que andamos, assumimos nosso lugar perto dos outros pecadores-feitos-santos e participamos da glória de Deus. Você passou a ser membro do Reino Colossenses Você foi justificado Romanos Você foi aperfeiçoado Hebreus Você foi adotado Romanos Você passou a ter acesso a Deus à hora que desejar Efésios Você faz parte do sacerdócio divino 1 Pedro Em Cristo, você é participante de sua vida Colossenses , de seus privilégios Efésios , de seu sofrimento 2 Timóteo e de seu serviço 1 Coríntios Você é: Membro do corpo de Cristo 1 Coríntios Pedra do edifício Efésios Noiva gloriosa Efésios Você tem a seu dispor assuma!

Esse é o dom oferecido ao mais vil pecador da terra. Quem poderia fazer uma oferta assim além de Deus? Paulo fala por todos nós quando pergunta: Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Ou quem foi seu conselheiro? Quem primeiro lhe deu, para que ele o recompense? A ele seja a glória para sempre! Como fazemos isso?

ELE MAX REMOVE LUCADO LIVRO AINDA PEDRAS BAIXAR

Qual delas você preza mais? Leia Mateus Que grupo de pessoas Jesus descreve nes- se versículo? Que promessas ele faz a elas? Você acredita que esteja incluído nesse grupo? Isso se deu por volta do meio-dia.

Acaso o senhor é maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, bem como seus filhos e seu gado? O que você acabou de dizer é verdade. Todo dia eu via aquele terreno no caminho para o escritório. Todo dia eu dizia a mim mesmo: "Um dia eu preciso parar aqui. O nome escrito no sinal? Cemitério Locke Hill. Quando estacionei, um céu escuro ameaçava chuva.

Os carva- lhos arqueavam seus galhos sobre mim, como se servissem de teto para as câmaras solenes. A grama alta, ainda molhada de sereno, se esfregava em meus tornozelos. Ruhet in herrn destacam placas onde se leem nomes como Schmidt, Faustman, Grundmeyer e Eckert. Morreu como viveu — sozinha. Fiquei olhando a placa e pensando sobre a vida de Grace Llewellen Smith. Teria sido ela a autora daquelas palavras Teria sido uma pessoa singela?

Teria sido bela? Longas noites. Camas vazias. Nenhuma resposta às men- sagens deixadas. Nenhuma resposta às cartas enviadas. Nenhum amor retribuído ao amor dedicado. Quantas Grace Llewellen Smiths existem por aí? O morador de rua de Atlanta. O sujeito abandonado de Los Angeles. A velhinha que circula sem destino pelas ruas de Miami.

O pregador de rua de Nashville. Quem ganhou um anel, mas nunca o amor; que recebeu críti- cas, mas nunca uma oportunidade; que tinha uma cama para se deitar, mas nunca descansou. Ela aperta os olhos por causa da luz do sol do meio-dia. Ela é uma samaritana, e sabe o que significa o racismo.

Também é mulher, por isso sempre sofreu em uma sociedade machista. Foi casada com cinco homens. Cinco casamentos diferentes. Cinco camas diferentes.

Cinco rejeições diferentes. Ela conhece o som de portas batendo. Ele só oferece a ela um lugar para dormir. Naquele dia, em especial, ela foi ao poço ao meio-dia.

Talvez tivesse ido. Talvez estivesse evitando o contato com as outras mulheres. A caminhada sob o sol quente valia a pena, desde que pudesse evitar as línguas afiadas. Por isso, ela foi ao poço à tarde. Esperava encontrar silêncio. Esperava ficar sozinha. Em vez disso, encontrou alguém que a conhecia melhor do que ela mesma. Mantinha os olhos fechados. Ela parou e olhou para ele.

Em seguida, olhou em volta. Ninguém por perto. Ela voltou a olhar para ele. O que estaria fazendo naquele lugar? Ele abriu os olhos e os dela baixaram por força do constrangimento. A mulher se apressou em cumprir sua tarefa. Mas ela era experiente demais para achar que ele só queria matar a sede. Aquilo a intrigou. E agora ele per- guntava a ela sobre Tudo menos aquilo. Talvez ela tivesse pensado em mentir. Ou mesmo sair dali, mas acabou ficando. E contou a verdade.

A gentileza atrai a sinceridade. Gostaria que você estivesse ouvindo esse relato pela primeira vez porque, se fosse assim, estaria ansioso para saber o que Jesus fez em seguida. Simples: porque você teria pensado em fazer a mesma coisa que ela. Teria parado de fingir. Aquela mulher ficou pensando no que Jesus faria. Ela deve ter pensado que toda aquela gentileza cessaria a partir do momento em que a verdade fosse revelada. Nada disso. Ele buscava sinceridade. A mulher ficou impressionada.

Importa-se de responder a uma pergunta? Entre todos os samaritanos que estivessem buscando a Deus, tinha de ser uma mulher? De todas as mulheres que demonstravam ter sede de Deus, tinha de ser uma divorciada cinco vezes? E de todas as pessoas escolhidas para receber pessoalmente o segredo da vida, tinha de ser uma representante de um dos grupos mais marginalizados que existiam na época?

A frase mais importante deste capítulo costuma ser negligenciada. Ouça-a e veja como ela luta para encontrar as palavras certas: "O-o s-s-senhor é o M-M-Messias! Você reparou no que ela esqueceu? De repente, a vergonha dos casos amorosos fracassados desa- pareceu. De repente, a insignificância de sua vida foi ofuscada pelo significado do momento.

Deus veio! Deus se impor- ta É por isso que ela agarrou a primeira pessoa que viu pela frente e anunciou sua descoberta: "Acabei de falar com um homem que sabe tudo o que fiz na vida. Ao visualizar tudo isso, Ele decidiu nos baixar. Porém, o preço pago foi alto, Ele nos comprou com sangue e dor. Is E mais que isso, preciso fazer minha parte, fazer aquilo que Deus espera que eu faça por essas vidas.

Escrevi esse texto em uma madrugada do ano de Mel e Gil. Apenas renovou suas esperanças. A vontade do Senhor é que todos sejam salvos. Sem explicações. Um caminho desértico e sombrio. Alguns de nós nunca superam uma perda. Outros, se habituam ao vazio. O Deus que nos abençoou no passado, continua sendo Deus hoje. LM "Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei. Marcadores: morte. Embora ela possa nos manter informados quanto a qualidade de.

SL "Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu. O autor do Salmo era um pastor de ovelhas. O jovem pastorzinho sabia que quando os pastos da primavera estavam. Buscando o bem-estar de suas ovelhinhas, ele viajava. As ovelhas podiam se machucar, plantas venenosas. Mas o. E assim ele seguia, atravessando vales.

Com sua vara, tangia o rebanho, com seu cajado o protegia.

Ao escrever este salmo,. Davi talvez, tivesse em mente, o fato de que quando os pastos desta terra tornam-se estéreis, o Bom Pastor, nos leva para os pastos superiores. Algum tempo depois de Davi, um outro pastor de Belém afirmou:. Vou preparar-vos lugar. JO "E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Entretanto, ela pode nos dar uma nova perspectiva sobre a vida.

Deus é o mestre em transformar coisas ruins em coisas boas. O que quero dizer, é que a morte nos faz pensar no que realmente é importante nesta vida. E a melhor maneira de viver, é ser honesto quanto o morte. Quando pensamos na brevidade da vida, as coisas ganham outro significado. As brigas perdem seu valor, para quê gastar tempo com elas? O por do sol ganha novas cores.

A morte é consequência do pecado. Deus jamais planejou a morte. Se assim fosse, Jesus teria corrido para os braços da morte de bom grado.

Ela devia ser odiada e detestada, reconhecida como a ladra da alegria que é. Pelo simples fato de que a morte é um mistério que nunca compreenderemos.

E talvez, compartilhar algumas idéias que têm me dado esperança. Como disse o profeta:. E enquanto esteve no hospital compartilhou sua fé em C risto e esperança com outros doentes, seus familiares, médicos e enfermeiros. A morte sempre nos faz pensar na vida. Entre muitos outros. Marcadores: Exemplo de vida. A Arca da Aliança estava de volta. Davi estava feliz, muito feliz. Finalmente o símbolo da presença de Deus estava de volta. Isso era motivo de festa. Como Davi estava feliz.

Mical, esposa de Davi, o vira. Além disso, o que iriam pensar dele? Atitudes distintas com conseqüências diferentes. Mical, preocupou-se com os homens, com o que pensariam os outros. Mical é lembrada como a mulher que ficou estéril. De que lado estamos? Como seremos lembrados? Nem sempre o que é bom aos olhos dos outros é garantia dos aplausos do Céu.

Eles concordaram e minutos depois cantaram:. Ele a guarda cuidadosamente e coloca muitas condições, pois a considera preciosa. Um homem e uma mulher que comprometem suas vidas um ao outro no casamento ganham o direito de expressarem-se sexualmente.

Concentrar-se no físico é perigoso. Deus exige pureza sexual. E Ele faz isso para o nosso próprio bem. Deus sabe que levaremos as memórias de nosso envolvimento físico do passado para o casamento. Faça de seu romance um solo para plantar as sementes de um relacionamento que vai durar a vida toda. Saiba alegrar-se com as conquistas e sucessos do outro. Acima de tudo, cultive um relacionamento que possa resistir às pressões e provações.

Marcadores: Relacionamento. Ela começa quando tiramos o foco de Deus. Em vez de ir para o campo de batalha comandar seu exercito, preferiu ficar em casa. É um processo continuo que envolve a parceria de nossos corações e nossos pés. É por isso que devemos aprender a praticar o amor baseado no compromisso. Isso é irresponsabilidade e egoísmo. Ct 2: 7; 3. O verdadeiro amor sabe esperar, e por isso, pode desfrutar ao Maximo das alegrias que Deus sonhou para o casal. Por que muitos se precipitam?

Mas creio que a principal é a falta de confiança no amor e nos propósitos de Deus.