3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

BAIXAR LIVRO PARE DE SOFRER ZIBIA GASPARETTO


Pare de sofrer - Zibia Gasparetto Zibia Gasparetto Livros, Livros Espiritas, Livros Para Ostra Feliz Não Faz Pérolas Leitura De Livros, Livros Em Pdf, Livros Para Ler . Baixar Livro Pare de Reclamar e Concentre-se nas Coisas Boas - Will. Baixar Livro O Amor Venceu - Zíbia Gasparetto em PDF, ePub e Mobi ou ler online . Pare de sofrer - Zibia Gasparetto Zibia Gasparetto Livros, Livros Espiritas. O Homem Acredita Numa Grande Ilusao: que a Vida Seja Algo Separado Dele, mas a Realidade Mostra que Cada um e a Propria Vida se Tornando Gente.

Nome: livro pare de sofrer zibia gasparetto
Formato:ZIP-Arquivar (Livro)
Sistemas operacionais: Android. iOS. MacOS. Windows XP/7/10.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:18.89 Megabytes

SOFRER PARE DE BAIXAR ZIBIA GASPARETTO LIVRO

Na verdade, porém, nem de leve conhecia a metade dos acontecimentos que lhe invadiam o lar. Chorava desesperado, esforçando-se por mover os membros enrijecidos, sem conseguir. O quê? Adquiriu todo o material, tendo cuidadosa e pacientemente examinado sua qualidade, e finalmente iniciou corajosa mente o trabalho. Eu assumo total controle de minha vida a partir de agora. Levantando a cabeça com certa altivez, o jovem respondeu: - Sim. A Caminho da Luz- Emmanuel. Entretanto, inesperado jato de luz impediu-o de enxergar bem a criatura que se manifestava entre eles. Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Estou consciente de que minha atitude toca e muda a atitude de outros seres encarnados. E rematou, notando a profunda tristeza de nosso amigo: - Entretanto, aprende que , embora com maiores sofrimentos, todos os caminhos conduzem a Deus. Errar, porém, faz parte da aprendizagem. Ela desliza sobre a Terra como uma serpentinazinha e agacha-se nas situações que necessitam uma expl Sublime Peregrino- Ramatís. Hoje foi tomado de verdadeiro acesso de loucura. Um grande e fraterno abraço e que o Mestre Jesus a abençoe agora e sempre! Herculano Pires. Imediatamente, d. Dirigiuse à c as a as sistencial, após trinta di as de ausência forçada.

Baixar Livro O Amor Venceu - Zíbia Gasparetto em PDF, ePub e Mobi ou ler online . Pare de sofrer - Zibia Gasparetto Zibia Gasparetto Livros, Livros Espiritas. O Homem Acredita Numa Grande Ilusao: que a Vida Seja Algo Separado Dele, mas a Realidade Mostra que Cada um e a Propria Vida se Tornando Gente. Ebooks Zibia Gasparetto "Clique na imagem do livro para fazer o download". Mostrando 1 ebook: A Verdade de Cada Um (Zibia Gasparetto - Espírito Lucius ). LIVROS DE ZÍBIA GASPARETTO - 49 ITENS PARA LEITURA E DOWNLOAD. acesso a toda a bibliografia da escritora ZÍBIA GASPARETTO. Existe um livro da Zíbia que se chama “Pare de sofrer”, ele existe em PDF?. Desde , Zibia Gasparetto tornou-se uma das presenças mais Segue abaixo uma relação de livros para baixar. Pare de Sofrer.

Quando a Vida Escolhe – Zíbia Gasparetto

O que a garota tem? Ele é espírita e tenta ajudar os envolvidos, principalmente Laís, a avó das garotas. Todos guardamos dentro de nós a força motriz que faz com que nossos desejos se concretizem e que nossas idéias e projetos se tornem realidade, independente das dificuldades que ambiente externo apresente.

O que falta para muitos de nós é justamente ter a consciência para agir ativamente sobre ela, explicando através de nossos próprios pensamentos e atitudes tudo o que atraímos para nossas vidas tudo de bom e também tudo de ruim! Mas talvez nem mesmo os Redentores consigam controlar Cale por completo. O menino que é capaz de ir da bondade à violência mais brutal num piscar de olhos é certamente capaz de aniquilar os inimigos da fé como se espera dele — mas a alma deste jovem é muito mais estranha e imprevisível do que seus mentores podem esperar.

O que se sabe é que ele tem uma capacidade incomum de matar pessoas e organizar estratégias de combate. Desde que descobriu esta verdade, cale é assombrado pelo homem que o transformou em anjo da morte: o redentor Bosco. Arrogante e inocente, generoso e impiedoso; o garoto é um paradoxo, temido e reverenciado por seus criadores.

O narrador de A Minha Verdadeira História é um adolescente de doze anos como outro qualquer, com os seus medos, inseguranças e desejos de novas experiências. Só se salva Irene, uma rapariga da sua idade, que fica paralisada. Ele se transforma em uma criatura animalesca! A origem do lobo é o primeiro livro da série Wereworld - uma eletrizante jornada épica de fantasia e horror.

Nem todas as garotas querem ser princesas. Quando o mundo dos zumbis ganha uma líder, tudo pode acontecer. A urgência dos humanos é impedir que sua força continue crescendo e se torne indestrutível. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites.

E ele faz isso da melhor maneira. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora. Acompanhamos a vida de um rapaz camponês que consegue pela força da sua inteligência subir as escadas da fortuna e chegar a Nobre, e também a sua vida amorosa.

Autor: Lewis Carroll Download Aqui! Dona beja foi uma mulher firme e decidida porém intimamente triste. O livro é apaixonante e muito gostoso de se ler. Recomendo a todos, principalmente por tratar-se de uma história verídica! Invulgar romance no conjunto da obra ficcional de Rubem Fonseca, assim se pode definir Agosto, considerado por alguns críticos como um dos melhores livros brasileiros atuais e o melhor do seu autor.

Portugal muda de vida. Luís é um estudante idealista que se cruza no liceu de Bragança com os olhos cor de mel de Amélia. Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Quem nunca chorou com O Patinho Feio ou se emocionou com o amor do Soldadinho de Chumbo pela bailarina de papel?

Regina Drummond recontou-as neste audiolivro. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante - que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. No entanto, Roselle permaneceu calma ao seu lado. Eles eram uma equipe. Nos 11 anos do seu pontificado, o Vaticano foi quartel-general de guerras, palco pe envenenamentos, assassinatos, subornos, chantagens, desvios de dinheiro da igreja e nepotismo no mais alto grau.

Volker Reinhardt traz à luz fatos sobre a trajetória do papa considerado como mais polêmico da história. As Leis incluem, entre outras, a capacidade de esperar o momento certo para atacar, criar uma aura de mistério para confundir os inimigos, saber conquistar corações e mentes de pessoas e encobrir os atos em cortina de fumaça.

No entanto, algumas de suas brincadeiras os conduzem a situações verdadeiramente perigosas, e Tom Sawyer se depara com o fortalecimento da amizade e a descoberta do amor. Sem perder consciência de quem é, ela odeia esta partida do tempo.

Mas aos poucos vai-se adaptando. Conhece o homem do quadro e apaixona-se por ele. Quando ele morre num acidente, Margarida regressa ao presente. O século XX nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo. Inspirando-se em figuras históricas como Salazar e Mao Tse-tung, o novo romance de José Rodrigues dos Santos conduz o leitor numa viagem arrebatadora que nos leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo o que faz de As Flores de Lótus uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa contemporânea.

Estava agachada com pés vermelhos cor de sangue de boi do corredor, com a lisa plumagem cinza-chumbo: a pomba. É a narrativa do caos microscópico que convulsiona durante vinte e quatro horas a vida de Jonathan Noel. Autora: Catherine Ponder Download Aqui! É bom aluno, mas interrompe cedo os estudos, devido a dificuldades financeiras da família. A chegada em Paris e as experiências inéditas com o balonismo e os dirigíveis. A inventividade e a ousadia nos costumes que fizeram do reservado brasileiro a coqueluche da capital francesa.

Harry, além de preservar o sigilo das investigações, percorre bares, templos budistas e casas de ópio em busca das peças desse quebra-cabeça, mas aparentemente ninguém quer saber de fato o que aconteceu.

O homem que lhe entrega a fita desaparece, e outro diplomata é apunhalado. O policial logo descobre que grandes políticos podem ter segredos aterradores, e, à medida que se aproxima da verdade, aumenta o risco de ele se tornar a próxima vítima. Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima.

PARE GASPARETTO SOFRER BAIXAR LIVRO DE ZIBIA

Mas sua inocê ncia é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris. Crescer é um desafio enorme. Mas às vezes é difícil decidir que caminho devemos seguir.

Esta história, Bicicleta à Chuva, podia bem ser a tua ou quem sabe a de alguém que conheces. O Jaime carrega um enorme segredo: um grupo de rufias, os Alcaides, toma conta da sua vida de muitas maneiras, deixando--lhe o corpo e a mente com marcas difíceis de apagar. Um dia, em frente à paragem do autocarro, o Jaime vê uma bicicleta antiga encostada ao muro de pedras, e desenha-a.

Centro Espiritualista Aprendizes do Bem Terreiro Virtual: Baixar Livros

Nasce assim uma amizade capaz de revolucionar a vida do Jaime e de muitos outros. Queres saber como? O romance é lírico e apresenta a história da amizade de um grupo. No entanto, dominar o reino tornou-se um sofrimento para a Rainha.

Com a literatura na alma e as palavras incrustadas em seu ser, escreve e conta a sua história. Ângela acredita, Lia duvida e Sylvia vacila. Mas as gatas de Veneza preferem gatos pretos aveludados, gatos ruivos e um pouco loucos, gatos malhados que parecem ter saído da selva, gatos brancos e doces como o leite. Quem vai amar Ciro, e que tipo de amor busca ele? De fato, Jacinto era um homem sempre aborrecido, desanimado e entediado, apesar do luxo em que vivia.

Era o protótipo do homem civilizado mas também da infelicidade. Inicialmente desmoralizado e ainda mais pessimista com tamanha "tragédia", Jacinto é, subitamente, invadido e transformado pela beleza e simplicidade da vida campestre. Nos anos 60 e 70, os disquinhos encantaram no formato de compactos de vinil coloridos. Ao ler, ficamos admirados de constatar quantas façanhas realizou o famoso Mitsuyo Maeda!

É uma verdadeira saga. Mas, mais do que tudo, é um relato fiel e empolgante de alguém que é apaixonado pelo ofício que escolheu: ajudar a dar à luz, a trazer vida ao mundo — um milagre que nunca deixa de nos espantar. Autora: Dra. Daí a importância de um livro como este Contos de aprendiz. Abordando temas do cotidiano, representam a essência de contador de histórias de Drummond.

Só que foi justamente essa loucura que deu à luz o mundo mais rico de todos os tempos, o nosso mundo. Este livro mostra por quê. O amor era proibido. Tagarelar, usar papel-moeda, correr, rir, também. Havia ainda crimes que davam direito ao enforcamento: ler era um deles. Obra galardoada com os prémios: Arthur C. A perda de um emprego, o fim de um casamento ou a morte de amigos ou entes queridos.

Foi o Sombra, personagem do Jornal de Vanguarda, que inovou o jornalismo com seu tom coloquial. Ampara-se nele mas, um dia ele é derrubado e ela sente-se como se estivesse também a cair.

Da autora das séries Slammed e Hopeless. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante e se sente atraído por Lily. Ele era seu protetor, alguém com quem tinha grande afinidade.

Quando Atlas reaparece de repente, tudo que Lily construiu com Ryle fica em risco. Uma narrativa inesquecível sobre um amor que custa caro demais. Os pais, preocupados com os perigos da noite, proibem os passeios de Guta. Invertendo os modelos tradicionais das histórias infantis que costumam associar os medos noturnos à infância , o autor narra as experiências de uma menina sensível que, enfrentando os temores de seus pais, descobre toda a magia e toda a beleza oferecidas pela noite.

Porém, um presente de glórias e sucesso oculta um passado sombrio e repleto de monstros que ameaçam retornar e destruir tudo que Lara construiu. Até o dia em que vê um caderno roxo numa vitrine e, por puro impulso, o compra.

A partir daí, acontecimentos horripilantes começam a se suceder. Com a letra dela. Quem é Alma, na verdade? E como impedir que as forças do mal se aproximem dela e de quem ela ama? O mistério maravilhoso de sua dança arrancava olés e aplausos acalorados. Sempre desejada, despertava grandes paixões. Um dia, porém, Esmeralda encontrou um amor que arrastou consigo o seu destino. A vaidade tem um preço que o orgulho cigano sempre paga.

E todas as mulheres têm um pouco de Esmeralda. Ditado pelo espírito Lucius. E, para vivê-lo, basta acabar com os espinhos do tempo. No concelho de Figueira de Castelo Rodrigo ficava a aldeia do Colmeal, um povoado com 14 famílias de origens antigas.

Tamanho: MB Download Aqui! Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter.

Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. Eu sou o próximo.

Como sobra pouco ou nenhum dinheiro para adquirir o "conforto", utilizam os financiamentos dos bancos e com isso pagam juros altíssimos. O mundo atual é voltado para o consumismo.

Sem conhecer as "regras do jogo", você se preocupa em "tapar o buraco" dos juros sobre juros, das multas e outras cobranças derivadas do crédito que adquiriu. Construa a sua liberdade financeira, independentemente de quanto ganha por mês! Saiba quando usar o seu; Vale a pena sair do aluguel e partir para a casa própria? Renda fixa, imóveis, internet: onde, como e por que investir o seu dinheiro. Baseando-se em informações verídicas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra surpreendente como o mestre dos grandes temas contemporâneos.

Apesar de ser o primeiro na ordem cronológica, foi o segundo a ser escrito. O livro trata da história do gigante Gargântua, pai de Pantagruel, rei dos dipsodos.

Foi publicado por volta de , em pleno Renascimento, após o grande sucesso de Pantagruel, livro de estreia de François Rabelais na literatura. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, precisa lidar com o peso de um legado de família que ele nunca quis.

Aparecem os "espíritos livres", que se libertaram dos preconceitos idealistas. Influenciado pelos moralistas franceses, Nietzsche adotou e expandiu a forma do aforismo, como a mais adequada para um pensamento inquieto e multifacetado. Escrito em tom sereno e de modo claro, constitui um dos livros mais acessíveis do autor de Assim falou Zaratustra.

Polivalente, a autora consegue tratar de todos os elementos com maestria. O romance permanece intrigante por toda a história, com revelações de tirar o fôlego. E assim essa jovem exilada somali, eleita deputada do parlamento holandês e conhecida na Holanda por sua luta pelos direitos da mulher muçulmana e por suas críticas ao fundamentalismo islâmico, tornou-se famosa mundialmente.

Depois de brilhar nos circuitos internacionais do esporte, de repente tudo mudou. A jovem ficou reclusa e deixou de lado as competições de alto nível. Mas seus planos têm fim quando Valerie é morta e Duane se torna o principal suspeito do assassinato. Insatisfeito com o rumo das investigações policiais, Myron sai em busca da verdade.

Assim, o pedido de divórcio de Peter teve um sabor muito amargo, um poço que se abria sob seus pés. Sandel, é um dos mais populares e influentes de Harvard. Quase mil alunos aglomeram-se no anfiteatro do campus da universidade para ouvir Sandel relacionar grandes problemas da filosofia a prosaicos assuntos do cotidiano. Sandel dramatiza o desafio de meditar sobre esses conflitos e mostra como uma abordagem mais segura da filosofia pode nos ajudar a entender a política, a moralidade e também a rever nossas convicções.

E que, à medida que nossas almas amadurecem, conseguimos perceber que somente o amor permanece pela eternidade como laço indestrutível. A batalha entre o bem e o mal é eterna na saga My Land. O romance "Madame Bovary" é a sua obra-prima. Nem moral, nem imoral, a narrativa é uma devastadora crítica das convenções burguesas do seu tempo. Quando amamos a nós mesmos e vivemos em paz e harmonia com nossa própria consciência, aí sim encontramos aquele que nos deu o presente da Vida.

Sabendo mais sobre o Diabo e suas armadilhas mentais, acabamos nos aproximando mais de Deus. Jack Schafer desenvolveu estratégias dinâmicas e inovadoras para entrevistar terroristas e detectar mentiras. Agora, Dr. Quer entender através da linguagem corporal o que passa pela cabeça das pessoas ao seu redor? E quem decide assim fazer, com certeza, vai superar seus limites.

Quando o medo vira uma doença? Para a rica sociedade milanesa, que passa os verões em Santa Margherita e Paraggi, as diversões se tornam cada vez mais extremas, em um clima de fim de império. Todos o conhecem como Bravo. Ele trabalha com mulheres. Sua existência é uma longa noite em claro partilhada com desesperados. O surgimento repentino de uma garota, Carla, torna a despertar em Bravo sensações que ele acreditava adormecidas para sempre. O mundo real exige sua presença e o põe diante da violência do seu tempo.

Aqui ressoa a voz do homem do subsolo, o personagem-narrador que, à força de paradoxos, investe ferozmente contra tudo e contra todos. Como enfrentar a dislexia e os fracassos escolares. No final descobriremos que só possuímos a nós mesmos, pois ninguém é de ninguém. Mas esta autobiografia vai muito além do que se leu ou ouviu sobre o mito.

Enquanto Drew e seu exército defendem o trono contra Ratlords e Crowlords, Gretchen e Whitley aventuram-se em uma assustadora viagem pela Dyrewood. Mas nenhum deles conta com o retorno do monstro mais perigoso de todos O recurso ao cliché, pensar na imaterialidade da liberdade, é essencial para absorver este O Edifício de Pedra.

Frederick Forsyth leva os leitores amantes do suspense a uma história repleta de intriga e mistério. Steel constrói mais um perfil feminino de mulher que luta pela sua felicidade até o fim O seu trabalho depressa atrai as atenções e o médico que chega do céu vestido de branco transforma-se numa lenda no mato. Chamam-lhe o Anjo Branco. A protagonista narra suas reminiscências de infância, onde passado e presente se intercalam a todo instante, dando vivacidade ao romance.

Um universo denso e psicologicamente confessional. As universidades foram extintas. À pobre Offred coube a categoria de aia, o que significa pertencer ao governo e existir unicamente para procriar. Offred tem 33 anos. Antes, quando seu país ainda se chamava Estados Unidos, ela era casada e tinha uma filha.

Era o caso de Offred. É uma realidade terrível, mas o ser humano é capaz de se adaptar a tudo. Com esta história, Margaret Atwood leva o leitor a refletir sobre liberdade, direitos civis, poder, a fragilidade do mundo tal qual o conhecemos, o futuro e, principalmente, o presente.

Este é apenas um dos temas deste apaixonante romance de Guy des Cars. Um mundo onde monstros e seres mitológicos vivem em constante conflito com a raça humana. Imagine como seria a vida abaixo da linha do Equador neste universo. Orou a Jesus implorando-lhe auxílio. Uma mulher jovem, m as prematuramente envelhecida, olhava com desdém para o dinheiro que havia sobre a mesa, deixado por um cavalheiro havia poucos instantes, numa indiferença à qual os anos a haviam habituado.

Vivia só. Nenhuma mulher da vizinhança olhava para ela. Entretanto, ela jamais ferira os lares, respeitava-os. Seus admiradores eram todos de fora.

Pensamentos de suicídio que lhe turbilhonavam a mente foram momentaneamente af as tados. Juntou todo o dinheiro que possuía e algum alimento e saiu, indiferente ao mau tempo, rumando para a c as a da pobre mulher. Bateu à porta timidamente. Deixe-me entrar por alguns momentos. Preciso falar com a senhora A outra, muda, as sentiu, e a jovem mulher deu-lhe o dinheiro e os alimentos que trouxera.

Jamais es que cerei que você foi meu anjo salvador. Se quiser, pode ficar aqui, trabalhar e começar vida nova. Junt as lutaremos melhor e conseguiremos vencer. Abraçad as e comovid as , lembraramse de dividir os alimentos entre as crianç as que , felizes, cercavam sua nova benfeitora.

E enquanto el as se apressavam em atendê-l as com alegria, os amigos espituais, olhos marejados e corações felizes, oravam agradecendo ao Senhor. Entretanto, possuía família: esposa e três filhos, que lhe tomavam todo o tempo disponível, pois precisava trabalhar arduamente para mantê-los. Possuía no corpo a leveza dos constantes jejuns, m as o espírito ainda uscava incessantemente a paz e a serenidade almejad as.

Ao despertar no plano espiritual, admirou-se com a tristeza da paisagem. Sabia que tinha p as sado pela morte, entretanto, onde a recompensa pela sua imensa luta? Aí tens, pois, o teu ideal convertido em realidade.

Convém reler os teus livros. Admirado, ansioso, nosso amigo aguardou a presença da companheira. Entretanto, inesperado jato de luz impediu-o de enxergar bem a criatura que se manifestava entre eles. Auxiliado por companheiros, aos poucos conseguiu acostumar-se à claridade e pôde perceber que a entidade como que se apagava para que ele pudesse vê-la.

Estupefato, reconheceu na que la criatura radiosa e belíssima a figura humilde e simples da esposa. O belo espírito aproximou-se e carinhosamente acariciou-lhe os cabelos encanecidos.

Mudos permaneceram envoltos por emoções intraduzíveis. A maior conquista do espírito consiste em bem desempenhar na Terra a tarefa que por Deus lhe foi confiada.

Escolheste o caminho mais difícil, estéril e longo; ela soube encontrar o caminho mais curto e proveitoso. Por isso, é imprescindível que retornes à Terra. E rematou, notando a profunda tristeza de nosso amigo: - Entretanto, aprende que , embora com maiores sofrimentos, todos os caminhos conduzem a Deus. Em c as a, aborrecia a esposa por que su as exigênci as causavam sempre uma série de problem as.

Até nos arranjos da c as a nosso companheiro observava os mínimos detalhes, conhecendo um por um os arranhões dos móveis, o lugar exato d as cadeir as , dos tapetes, dos bibelôs, etc. Sua esposa desdobrava-se em atividades e paciência para que tudo estivesse na mais perfeita ordem. Muitos toleraram os familiares, os poucos amigos. O c as o tornou-se pior quando ele adoeceu.

Na verdade, apesar da estima familiar, todos sentiram certo alívio quando ele p as sou para o plano espiritual. De início, nosso companheiro estranhou muito a mudança de vida. Contou como se dedicara ao lar, desejando aperfeiçoar todos os seus detalhes. Sabemos de tudo quanto nos cont as te. Acreditamos que que ir as revê-l as detalhadamente. À medida em que as cen as se sucediam, atingindo a f as e da adolescência e da mocidade, nosso amigo foi se tornando agitado. Pelo amor de Deus!

Imediatamente a tela desapareceu, restando nosso companheiro a soluçar desesperadamente enquanto dizia: - Para que esmiuçar as sim os erros que julguei es que cidos? Sei que estou errado. O instrutor espiritual aproximou-se dele, abraçando-o com carinho. Desde muito moço vivera cercado de dificuldades, que lhe inutilizavam os esforços, obrigando-o a levar vida modesta e controlada. M as , por divers as vezes, as cois as concatenavam-se de tal modo que outro as sumia o lugar, e ele, decepcionado, amargurado, esforçava-se por ocultar sua revolta.

Eu tinha certeza de que você seria promovido! Ela é espírita! Quem sabe você tem alguém que o prejudica! Tudo continua na mesma. E fez d. E as cois as mudaram para Manoel. Os primeiros di as foram de euforia para ele. Tinha maior responsabilidade, porém, sobrava-lhe muito mais tempo disponível e dinheiro para g as tar. O ambiente fazia-o sentir-se importante, e havia também bel as mulheres, que o atraíam.

Envolveu-se de tal maneira com o novo entretenimento que o que era um p as satempo tornou-se uma necessidade. O dinheiro que recebia tornou-se insuficiente para manter sua família, pois g as tava-o todo no prado. Até que , envolvido por pesados compromissos de jogo, p as sou a desviar quanti as da firma em benefício próprio.

O que adiantou? Ele teve a melhoria, m as recebeu a desgraça! Dedicado mentor espiritual dirigiu-lhe palavr as de carinho e,aos poucos, ela foi serenando. Manoel, bom marido, honesto e dedicado. Foi quando a voz suave do mentor espiritual tornou-se enérgica e firme: - Minha filha, é hora de despertar para a realidade. A ri que za é prova difícil, que só muita fortaleza consegue vencer.

Por isso, equilibra o teu espírito e busca orar muito para que ambos tenham outr as oportunidades o mais breve possível. Cert as criatur as , vivendo no imediatismo do mundo, a ele se apegam e, do outro lado da vida, continuam a ver apen as as benfeitori as imediat as. Toda que da representa nova experiência e, ao mesmo tempo, torna-nos mais fortes para o futuro. Ademais, aprendemos a respeitar o livre arbítrio.

Pela primeira vez reconheceu a justiça divina e intimamente suplicou a Deus a oportunidade de recomeçar.

Vivia vida tranqüila. Na verdade, porém, nem de leve conhecia a metade dos acontecimentos que lhe invadiam o lar. Temialhe a justiça inflexível que certamente puniria terrivelmente sua própria filha. A jovem regressou ao lar, vivendo traumatizada pela dor de ter que qu as e ignorar a presença do próprio filho.

José Justino, entretanto, na austera atmosfera de sempre, arvorando-se em juiz, continuava a c as tigar rudemente todos a que les que apanhava em erro. José Justino, pela energia d as su as atitudes e sua vida impoluta, provocava profundo temor e respeito em todos.

Dizia sempre que soubera realmente educar os seus e manter bem alta a dignidade da família. Num relance, tomou conhecimento de tudo. Sentiu-se empalidecer. Fisionomia transtornada pelo ódio, expulsou a filha de c as a, ameaçando-a de morte, proibiu terminantemente que seu filho mais velho regress as se ao lar e p as sou a derramar toda sua revolta sobre a angustiada esposa. Tornou-se desconfiado, ir as cível. Pela primeira vez sentiu dificuldade em aplicar c as tigo aos culpados.

Ninguém lhe respondeu às palavr as dolorid as ; af as taram-se discretamente, dando p as sagem à luminosa figura envergando uma toga negra. Tua rogativa comoveu-nos. Perdoa, José. O velho fazendeiro estava boquiaberto. Um juiz a dizer-lhe que pactu as e com o erro, que perdo as se! Apen as pôde articular: - E a justiça?

Acorda para a realidade, José. Es que ce os vícios do p as sado! Rigoroso e cumprindo à risca a lei humana, cometeste muit as injustiç as. Fez ligeira pausa, observando serenamente a fisionomia de José Justino que o remorso ensombrava. Queres agora fugir à tua responsabilidade? José Justino, envergonhado, sentindo-se arrependido, deixou pender a cabeça, entristecido. Tratava-se de uma peça antiga e artisticamente trabalhada. A missa era de gala e o burburinho dos fiéis grande.

Entretanto, nem por um instante o jovenzinho desviou os olhos do sóbrio móvel. Entretanto, funda mudança revelou o menino daí por diante. O menino, sem desviar o olhar do objeto do seu enleio, respondei: - Olhar, padre. O quê? E esse o nome?

Você gosta dele? Levando a senhora para a sacristia, o padre falou-lhe de desequilíbrio emocional, de idéi as fix as , e aconselhoua a ir a um bom psiquiatra. A pobre senhora sentiu-se ainda mais angustiada diante da sombria perspectiva. Foi as sim que o menino levou o genuflexório para c as a.

GASPARETTO ZIBIA BAIXAR PARE DE SOFRER LIVRO

Seus olhos brilhavam quando o colocou em seu quarto. Todos os di as p as sava hor as de joelhos, olhos fixos, sem nada ver. E enquanto se ouvia ainda os soluços incontidos do menino, manifestou-se através dos médiuns a suave voz de um mentor espiritual: - Tranqüiliza-te,Marcelo. Tem confiança nos desígnios do Senhor. Contempl as te hoje parte da tarefa que te competia desempenhar em atendimento do p as sado. Amando-te também e sem forç as para af as tar-se do local, fortemente atraída por teu pensamento afetivo, o espírito dela permaneceu a teu lado, surdo ao apelo e aos conselhos dos amigos do plano espiritual.

Entretanto, somente o conseguiste depois de muito esforço no campo moral e muito trabalho em benefício do próximo. Acompanhara-o por toda parte durante todos a que les anos, sempre aguardando ansiosamente o reencontro. O garoto cessou de soluçar e em voz baixa fez profunda prece por a que la que amava.

E no dia seguinte, sem muit as explicações, o padre, intrigado, recebeu de volta o velho genuflexório. Havia, muitos anos p as sados, à margem do Araguaia, uma tribo de índios chamada Itumanim.

Era uma tribo misteriosa e pouco numerosa.

Livro: Pare De Sofrer (pdf)

Vivia nos cerrados, seus membros organizados em pe que n as caban as de palha, alimentando-se de peixes e frutos. Jamais aproximavam de outr as tribos e fugiam tacitamente ao contato com os brancos.

Porém, quando havia lua cheia, tomavam su as cano as e deslizavam rio abaixo, quietamente, encantados com a beleza da paisagem.

Atacados pel as febres comuns na que les sítios, alguns vieram a morrer, e os outros, sem víveres ou medicamentos, um a um pereceram, espalhando-se em redor uns aqui, outros ali. Desconfiados, lança em riste, aos poucos e constatando a inexistência de inimigos, a curiosidade foi mais forte, obrigando-os a abrir os pacotes atirados ao solo, entre risonhos e surpresos.

Eis, porém, que um choro de criança feriu o ar. Assustaram-se os silvícol as. Paralisaram-se os recém-chegados, indecisos. A criancinha chorava aflita, desamparada. Foi aí que o inesperado ocorreu. Havia dois di as tinha perdido o filho n as cituro, e diante da revolta dos seus, aproximou o seio farto da boquinha sedenta e aflita.

Ninguém ousou tirar-lhe a criança, porém o desagrado foi geral. A criança intrusa precisava morrer. Interpelaram Mani, que brincava com os cabelos suaves e louros da criança, encantada com a beleza de sua face branca e rosada. Negou-se ela a entregar o menino, e vendo que lho que riam tirar à força, ganhou o mato, embrenhando-se nele. Resolveram esperar na aldeia o seu regresso.

SOFRER BAIXAR LIVRO GASPARETTO DE PARE ZIBIA

Sabiam que voltaria. Desapareceu e ninguém mais a viu. E, contam os caboclos que costumam atravessar a que l as paragens à noite, que alt as hor as , quando a lua é cheia, Mani aparece em uma canoa descendo o rio, cantando feliz com seu filho branco nos braços, E as jovens espos as que esperam seu primeiro filho, dizem que oram por ela, que costuma socorrer as crianç as branc as , visitando- as n as hor as mort as da noite.

Na que le dia, ao encerrar a tarefa, sentia-se feliz. Podia esperar a morte com a consciência tranqüila. Saiu para o trabalho cotidiano. Nada es que cera, nem um detalhe. E, pensava ele, ao desencarnar colheria todo o benefício do seu laborioso trabalho. Apareceu o guarda civil, e dentro de alguns minutos nosso companheiro se encontrava em uma delegacia. O punguista era conhecido no local como habitual protagonista de cen as idêntic as.

Sentindo-se indisposto, ia distraído e ensimesmado, ao ponto de violenta freada demonstrar-lhe que sua vida estivera por um fio. Caiu em si. Apresentou-se-lhe a realidade. Sentiu o problema da que la criatura envolvida nos dolorosos acontecimentos, fruto da própria intolerância do homem e do desajuste social. Corou de vergonha.

Vamos trabalhar pelo povo, devolvendo à sociedade o que dela recebemos na vida. E, com argumentos sólidos, construídos com b as e na v as ta cultura social que detinha, Maurício empolgava nos comícios. Eleito deputado com larga margem, sentiu que o cargo era insignificante e desejou mais. Argumentava com os amigos: - Um deputado possui poder relativo. Para fazer o bem que almejo, preciso ter maiores poderes. Devemos trabalhar para que eu possa subir, a fim de ajudar a humanidade sofredora!

Tinha projetos de vulto! Planos grandiosos! Queria muito mais. Vendo crescer sua popularidade, Maurício calmamente enfrentou e venceu o pleito que disputou. Foi eleito viceprefeito. Eu que ro ser prefeito! Somente as sim poderei executar nossos planos administrativos. Foi aplaudido com entusi as mo pelos companheiros. Trazia nos olhos a tragédia da miséria física e moral. Maurício quis escapar, m as a visitante cortou-lhe a saída, dizendo suplicante: - Doutor!

Precisamos do senhor! Volte outro dia. Preciso sair. E af as tando-a com brutalidade, saiu apressado. Pensou as sim libertar-se dela, m as a cena repetiu-se no dia imediato.

M as o c as o repetiu-se no dia subseqüente. A mulher deve ter-se escondido em algum lugar. Ambos procuraram, inutilmente. Dessa vez estava acompanhada por dois homens malvestidos e taciturnos. Suspirou resignado e inquiriu: - O que deseja, afinal? Estamos esperando o cumprimento d as promess as que nos fez quando candidato a deputado.

O senhor disse que cuidaria dos pobres, construiria hospitais, escol as profissionais, daria emprego aos humildes.

Quando é Preciso Voltar – Zíbia Gasparetto

Estamos esperando. E as farei as sim que for prefeito. Faço o que posso! Agora saiam, deixem-me trabalhar. Ao entrar, sempre os encontrava à espera, em quantidade crescente, exigindo o cumprimento d as su as promess as eleitorais. Hoje foi tomado de verdadeiro acesso de loucura. Por isso telefonei ao senhor. Coitado do dr. Foi excesso de trabalho, doutor, enlou que ceu de tanto trabalhar! E, voltando-se, ainda viu o olhar colérico de Maurício conduzido em ambulância, e sua voz dizendo, convicta: - Serei o prefeito!

Vou trabalhar em benefício do povo!

A porta fechou-se e logo a sirene, abrindo caminho, apagou as palavr as eloqüentes de Maurício. Assim, vivia colecionando históri as e a ninguém desculpava pelos erros do caminho, pelo simples prazer de poder divulgar o acontecimento. Era por isso temido e aborrecido por muitos, m as sempre havia os que estavam dispostos a ouvir, divertindo-se com seus chistes irónicos.

E aos amigos tornava, irônico: -Quando soar a clarinada para mim, obedecerei. E ao amigos, maliciosos, balançavam a cabeça, divertidos. Sua cabeça estava pesadae parecia-lhe impossível reagir ao sono que o acometia. Gritari as , pedidos de socorro aos vizinhos, a presença do médico que , aborrecido, declarou após o exame que José estava em coma: fora acometido de um colapso.

Diante dos familiares estarrecidos, declarou que José estava morto. Emerenciana chorava a um canto, procurando orar pelo amado companheiro. Desesperado, tentou fazer algum movimento que demonstr as se estar vivo. Parecia-lhe estar vivendo terrível pesadelo. Foi-lhe indescritível suplício o banho que as piedos as mulheres lhe ministraram, onde o horror misturava-se à vergonha. Todavia, procura extrair dela o maior benefício possível. Procura aproveitar o tempo. José, sem compreender bem, procurou responder-lhe, m as o desconhecido nada mais lhe disse.

Como por encanto, José p as sou a enxgar, como uma névoa rarefeita, tudo o que se p as sava ao seu redor. Foi quando que se lembrou de Deus. Imediatamente, d. Imediatamente saiu, voltando pouco depois com um medicamento, que injetou no corpo cadaverizado de José.

Para penitenciar-se, contava sempre o seu, ao qual deu o nome simples e elucidativo de Clarinada. Transpirava por todos os poros e, ao ver-me, desfez a careta de esforço penoso, desmanchando-se em alegre sorriso.

Entretanto, quando é qu as e certo o desenlace, minha sogra parece que recebe novo alento e torna a melhorar. Você me conhece. Sorri, observando a fisionomia vermelha e suarenta de José, obrigado a carregar o peso dos seus quilos ao locomover-se.

Ele fez uma careta: - Espero morrer de velho, Gustavo. Quando a vida me cansar. Sua sogra, como ele previra, melhorou mais uma vez e durou ainda alguns meses. C as amos-nos. Eu primeiro e ele pouco depois, e por uma decorrência natural d as noss as ocupações, espaçamos nossos encontros. Enquanto eu militava no Jornalismo e na Advocacia, ele trabalhava para uma grande firma no departamento técnico. Quando adoeci, muitos anos depois, a lembrança do meu amigo José acudiame constantemente e eu julgava estar abalado pela fra que za provocada pela doença.

Assim, vencido, prostrado por moléstia invencível, fui perdendo as forç as , até que compreendi que algo inusitado se p as sava comigo. Parecia-me estar sob o efeito de um soporífero, desses que nos tolhem os movimentos, m as que permitem ainda o funcionamento do raciocínio. Longo tempo permaneci nesse estado, lutando por conseguir recuperar o equilíbrio, de posse de mim mesmo. Até que um dia, num desses p as seios, num esbarro mais violento, reconheci meu amigo José.

Estava um pouco diferente, mais sério e composto, m as o mesmo sorriso amigo distendeu seu rosto quando me viu. Sou eu mesmo! Instintivamente procurei com os olhos o bar onde havíamos estado juntos. Caminhamos e nos as sentamos em um banco do jardim. M as essa marca na testa, o que foi isso?

Fui ao seu enterro! Assisti ao seu com toda as pomp as e rituais. Senti um violento cho que , ao mesmo tempo que os males físicos que me afligiam voltaram a molestar-me: - Você que r dizer que eu Baixei a cabeça, confuso: nunca gostara da presença de mortos, seja de amigos ou familiares. Parece que consegui o objetivo. Retru que i conformado: - Faz tempo que nos separamos e você ainda se lembra de mim. É um conforto vê-lo neste transe difícil. Nós podemos considerar-nos felizes.

Se soubesse como fi que i abalado com o ocorrido! Entretanto foi preciso também um esbarro para que eu acord as se. Profundamente chocado, sentiu-se no dever de garantir ao chefe que puniria energicamente o culpado, entregando-o à polícia.

Jarb as deu um pulo, aproximando-se mais da mesa do seu chefe. Precisamos dar exemplo aos demais. A impunidade ag as alha e estimula o crime. Peço-lhe para recorrer à polícia. Via-se-lhe no semblante a contrariedade por as sumir tal atitude.

Imediatamente prenderam-no e dirigiram-se ao gabinete do gerente. Fazia mais de um mês que estava na firma. O gerente olhava o rapaz com pena e desagrado. Jarb as , que os acompanhara, censurando o jovem as peramente, continuava: - Um homem forte como você!

Devia se envergonhar! Emporcalhar-se com uma ninharia dess as! Aturdido, o rapaz balbuciou: - Gosto de uma moça. Queria me c as ar com ela. O jovem, percebendo o bondoso olhar do gerente, voltou-se para ele e gritou, desesperado: - Por favor!

É verdade! Podem crer. Eu que ria o dinheiro para me c as ar! O gerente, cujo filho andava com a mesma idade, comoveu-se subitamente. Levantando a cabeça com certa altivez, o jovem respondeu: - Sim. Eu preciso me c as ar com ela. Parecendo meditar profundamente, o gerente tornou: - Que idade tem ela? M as eu estava desesperado. É gente direita, e ela tem medo d as conseqüênci as.

E essa liberdade em dem as ia que aniquila com a honra d as famíli as. É melhor terminarmos logo com isto. Todo crime deve ,ser punido! Por isso, tomei a liberdade de avisar o guarda do posto. Deve ser ele que chega. De fato, p as sos ouviam-se do lado de fora. Parou, surpreso. Uma moça soluçando, de olhos vermelhos, entrou correndo, e abraçando o joveme em desespero, disse: - Walter, soube o que aconteceu.

Também sou culpada. Eu que tive a idéia. Se você for preso, também devo ir. Um jovem e refinado rapaz desceu apressado, ingressando qu as e a correr na c as a silenciosa. Estava irritado e aborrecido. Tinha pressa. Linda mulher o esperava para ir ao teatro, e o tempo inexoravelmente se esvaía. Ele sabia que se atr as aria. A conquista fora difícil e a jovem era de importante família da sociedade. Depois de meses consumidos em reiterad as tentativ as para sair com ela, pela primeira vez conseguira fazê-la aceitar a que le p as seio.

Vestira-se com especial cuidado. Sabia-a elegante e exigente. Impaciente, aprontara-se cedo e resolvera p as sar pelo clube para ver alguns amigos e preencher o tempo que lhe faltava para o encontro marcado.

O vinho derramara-se em sua gravata elegante, salpicando-a de manch as , que se espalharam rapidamente. No auge do desespero, destratara o amigo, que , encabulado, se desculpava. Aflito olhara o relógio: faltavam dez minutos para a hora aprazada.

Como sanar a dificuldade? As loj as tinham fechado. Seus amigos estavam com roupa esporte, nenhum lhe poderia emprestar uma nova gravata. Saíra precipitado. Sua c as a era distante, e embora pis as se no acelerador, os dez minutos se escoaram no percurso. Entrou em c as a correndo.

Por sorte a porta estava apen as com o trinco. A p as sos largos galgou a escada, entrou em seu quarto e ligou o interruptor. Foi aí que ouviu vozes alterad as no quarto ao lado. Seus pais eram pesso as educad as e amig as. Jamais discutiriam. É tudo.

Conheço gente da sua marca! Sei que ,seu filho g as ta a rodo. Solte a gaita. O jovem compreendeu num segundo o que acontecia: sua residência estava sendo as saltada. Precisava fazer alguma coisa! A que le indivíduo era perigoso.

Sabia que o pai falava a verdade. Nervoso, apagou a luz do quarto e, sorrateiramente foi ao escritório do pai, onde sabia existir um revólver. Fechando a porta, telefonou para o posto policial mais próximo pedindo socorro. Voltou ao seu quarto.

LIVRO SOFRER ZIBIA GASPARETTO PARE DE BAIXAR

Ao p as sar pela porta do aposento dos pais, no corredor, propositadamente fez forte ruído. Fechando a porta que dava para o corredor, esperou. Ouviu a voz as sustada do as saltante: - O que foi isso? Preciso ver Ruído de porta se abrindo levemente.

Novos p as sos no corredor. P as saram por essa porta. Ruído forte do trinco sendo forçado. Foi quando o ruído da sirene se fez ouvir. Correri as , tiros, e no fim a polícia conseguiu prender o meliante.

Os três respiraram aliviados. Imediatamente, após as primeir as informações dos guard as , cuidou o jovem de ministrar um calmante aos pais. Como conseguiu descobrir o que ocorria e voltar para c as a? O que me trouxe para c as a foram apen as algum as manch as de vinho em minha gravata! Devo-lhe também desculp as. Além do que , preciso telefonar a outra pessoa explicando-lhe o sucedido.

Talvez possa perdoar-me. Fitando-a pensativo, disse à esposa: - Esta noite devemos a vida a esta preciosa e manchada gravata. E, se ninguém consegue fazê-lo, eu farei! Alguns, observando sua idade um tanto avançada, riam-se dele, acreditando-o senil.