3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

MUSICA PLANET HEMP QUEM TEM SEDA BAIXAR


Quem Tem Seda? Planet Hemp. [Marcelo D2] Eu não quero saber de mais nada. Não quero saber de mais nada. Eu não quero saber de mais nada. Não quero. [Marcelo D2] Eu não quero saber de mais nada. Não quero saber de mais nada. Eu não quero saber de mais nada. Não quero saber de mais nada. Quem tem. Planet Hemp Quem tem seda? Home >. Planet Hemp > Baixar PDF Ih! fudeu não tem colomy nem papel de pão, Já to com bagulho dixavado na palma da.

Nome: musica planet hemp quem tem seda
Formato:ZIP-Arquivar (MP3)
Sistemas operacionais: Android. Windows XP/7/10. iOS. MacOS.
Licença:Grátis (* Para uso pessoal)
Tamanho do arquivo:4.78 MB

HEMP MUSICA TEM PLANET SEDA BAIXAR QUEM

Eu vejo ele muito pouco, estou sempre viajando. Sexta-feira 28 de Junho de Ele é uma pessoa inteligente. Dornelles 26 de junho de Quarta-feira 1 de Maio de Domingo 5 de Maio de Por raulsmk Criado 1 hora. Deis Daz Seis Enviar letra Entra a porrada "Procedência C. Stab Domingo 21 de Abril de Terça-feira 20 de Agosto de Sexta-feira 2 de Agosto de Nunca me envolvi com o hip hop porque nunca consegui seguir uma cartilha. Penso em casar de novo, tenho 28 anos. Segunda-feira 29 de Abril de

[Marcelo D2] Eu não quero saber de mais nada. Não quero saber de mais nada. Eu não quero saber de mais nada. Não quero saber de mais nada. Quem tem. Planet Hemp Quem tem seda? Home >. Planet Hemp > Baixar PDF Ih! fudeu não tem colomy nem papel de pão, Já to com bagulho dixavado na palma da. Descargar MP3 Planet Hemp Quem Tem Seda Gratis. Disfruta de la mejor musica de Planet Hemp Quem Tem Seda descargar bajar mp3 en calidad HD en . Quem tem Seda? É Isso Que Eu Tenho no Sangue Quarta de Cinzas HC3 O Sagaz Homem Fumaça. Download. MTV Ao Vivo. Download Músicas. Planet Hemp - A Invasão do Sagaz Homem Fumaça 11 - Quem tem Seda? 12 - É Isso Que Eu Tenho no Sangue.

Planet Hemp! Entra a porrada "Procedência C. Só ouça o final se o seu pescoço for realmente resistente Digamos que é uma viagem-psicodélica-política-reflexiva. Abre espaço para a instrumental "Gorilla Grip", ainda influenciada pelo punk rock, mas bem mais leve que as pancadarias anteriores. O riff de guitarra é bem contagiante. Uma faixa que é hino com todas as letras. Quem gostar da faceta mais porradeira do Planet Hemp, provavelmente vai achar bem chato Quando Marcelo D2 resolve cantar, a coisa parece que vai engrenar, mas volta ao mesmo clima de antes, com o pessoal pedindo a seda pra enrolar o baseado.

Com um título muito irônico e bem-sacado, para quem sacar a graça da coisa Porrada hardcore fazendo jus ao nome em "HC3", que como o nome parece querer dizer, é agressividade ao cubo.

A faixa é interrompida no final por um momento percussivo interessantíssimo. Como eu li em outra resenha sobre esse disco, no final tanta fumaça só poderia resultar em reggae. Uma pena a banda ter acabado. É mentira, tchu tchuru tchu, é mentira Eu tiro é onda solo do Marcelo D2. O vocalista B. Hemp new year. Faixas 1-Dig Dig Hempa Remix. Planet Hemp - A Historia. Maconheiro, cabeludo, pai de família e líder do Planet Hemp. Aos 28 anos, Marcelo D2 solta o verbo e acende a polêmica.

Nosso disco demorou um tempo para pegar, depois foi crescendo naturalmente. O que queremos é cutucar esse tipo de gente, essa coisa toda, movimentar o assunto. Fazemos o nosso trabalho, é justamente aquilo que a gente tenta denunciar. Exatamente os papos que falamos nas nossas letras. Eu tenho medo pra caralho. Mas isso tudo foi a gente que escolheu.

Um papo que decidimos fazer. Eu trabalhava como camelô. O Skunk era um puta amigo nosso, quer dizer, ainda é. A gente resolveu fazer um lance de cutucar mesmo. Acho que ele pegou o vírus através do sexo. E ele era uma cara meio louco por essas coisas, por putaria, boate, striptease. No final de A malandragem é a mesma, só mudaram as roupas. Mas aquilo é parecido e a galera acabou caindo ali. É o estilo de vida que é parecido. É o Bacalhau. Ele fala pra caralho e ninguém entende porra nenhuma.

Ele tem um dialeto próprio. Só com o tempo e convivência, você começa a entender o que ele fala. Eu gosto dele pra caralho, todo mundo gosta. Ele é uma pessoa inteligente. Conheço ele, mas ele nunca me influenciou. Fale de sua cabeleira. Claro que algumas vezes você quer ficar gato num show e põe um jeans limpo, um tênis novo.

Esse disco demorou um pouco para pegar. Fizemos um anos de turnê e o disco vendeu 20 mil cópias. Quando o assunto é negócio se explora muito pouco as coisas aqui no Brasil.

O marketing é muito mal feito. Sobre maconha, skate e a banda, o nosso universo e as nossas histórias.. Você fez essa viagem ano passado com a equipe da Revista Trip.

Planet Hemp Quem Tem Seda Download Free Mp3 Song

Você foi fuçar ou como assistente de reportagem? Acho que um pouco dos dois risos. Mexeu muito com a minha cabeça, sou classe média baixa, nunca tinha saído do país e encontro um lugar que a maconha é legalizada, é um país de primeiro mundo, onde as coisas funcionam. É maravilhoso, deu pra descolar uns cinquentinha risos. O que imagina? Dar uma vida legal para eu filho, fazer um som. De vez em quando eu preciso pensar um pouco, me retirar, conversar um pouco com o além.

Ele é uma marca registrada. Mas penso em dar uma cortada porque tem muito olho gordo e se tornou alvo de críticas. Vou raspar e deixar crescer tudo de novo.

Skate Sempre: Download Músicas

Gosto de comer carne e comida japonesa. Gosto de me alimentar. Me quebra todo, só faz mal para os ossos risos. Eu sou velho. Tenho 28 anos. Novo, novo, só com menos de vinte anos. Ainda vai demorar. Cada vez mais falasse mu ito em jovem: jovens aqui, produtos para jovens.

Afinal quem é esse tal de jovem? Você conhece? Cara, eu acho que se esse jovem bobear, ele vai acabar virando um nerd, retardado. Eu conheço o Fernando Gabeira, uma pessoa com uma história interessante. O editor da High Times, Steven Hager, ouviu o disco de vocês e gostou.

É deu pra ver que ele ouviu o disco e entendeu bem pra caralho. O som do Planet é consequência da vida que a banda levou.

BAIXAR QUEM PLANET TEM SEDA MUSICA HEMP

Sou controlado até certo ponto. Vai vir raivoso. Talvez ainda mais que o outro.

Cada vez mais vamos conseguir gravar do jeito que a gente quer. Qual foi a pior roubada que você se meteu? Foi com uns seguranças.

Quando a gente estava gravando um disco. Nos anos 80, gostava do Defalla. O Sepultura a gente até esquece que é brasileira, mas respeito pra caramba. Hip hop gosto do Thaíde, mas o estilo é muito perdido no Brasil.

As pessoas confudem o estilo com o dos Estados Unidos. Se eu fizesse hip hop faria com a linguagem do samba.

Lollapalooza 2013: Planet Hemp

O que mais pega no som do Planet é hip hop, rock anos 70, hardcore e funk. Eu gosto do Raul.

BAIXAR SEDA MUSICA HEMP PLANET QUEM TEM

Aquela coisa do maluco beleza foi algo que o Brasil precisou. Só acho uma coisa legal nele: fala as coisas do jeito que ele acha que tem que ser faladas.

Aqui no Brasil tiveram coisas muito marcantes como o Raul, Os Mutantes, O novos baianos, que inclusive me chamaram para gravar uma coletânea. Ele é um dos que eu mais gosto.

Todo mundo é autodidata. Uma cosia que sempre nos deixa preocupado é fazer um som com a nossa proposta. Todo mundo briga. Mas na hora de compor tudo fica tranquilo. Nos jornais o que você lê?

É muito difícil ver alguma coisa na tv. Quando estou em casa ponho um vídeo, principalmente de skate e pornô. Vejo MTV também, pra ficar bem informado sobre o meio musical. Eu sou apaixonado por videoclipe, é uma maneira legal de você mostrar o seu som. Gosto de cinema também. Gosto muito de fumar e toca, de fumar e brincar com o meu filho, parece que eu entendo ele melhor, começo a viajar, a gente joga bola, anda de velocípete no prédio…. Agora estou sossegado. Só fumando meu baseado e tomando o meu choppinho.

E o Stephan filho de quatro anos, do primeiro casamento de D2 começar a fumar maconha? Aí entra na porrada risos. Eu vejo ele muito pouco, estou sempre viajando. Ele tem que fazer o que quer, produzir, trabalhar, sem que a maconha ou qualquer outra coisa atrapalhe o seu desenvolvimento. Ele gosta de ir aos shows, de conhecer pessoas. É engraçado nos shows as pessoas gostam de nos dar maconha de presente. Sentem-se orgulhosas de botar um. Eu acho do caralho. Essa é uma coisa legal porque o Planet luta contra essas coisas, esse papo todo da maconha vem por cima do preconceito.

Eu gosto de tatuagens.

TEM MUSICA SEDA HEMP QUEM BAIXAR PLANET

A tatuagem é uma cicatriz que você escolhe. Ninguém ganha dinheiro com discos, ganha dinheiro com shows. Você consegue perceber que sua conta bancaria é uma curva que aponta pra cima? Vem aumentando. Meu filho nasceu numa das piores fases da minha vida, quando estava desempregado e nem me preocupei com isso.

Geralmente fechamos com a casa de shows uma parte da bilheteria. Todo mundo acaba saindo satisfeito. Queria passar um tempo nos EUA, na Europa. Caralho, devia ter feito uma festa, né? Alguns meses depois de ser solto ele perdeu seu principal parceiro: o pai.

Trata-se de assunto de extrema importância, de interesse direto das novas gerações. Quer me prender só porque eu fumo Cannabis sativa.