3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

OS GUERREIROS SE PREPARAM RENASCER PRAISE DOWNLOAD GRATUITO


Renascer Praise - Os Guerreiros Se Preparam (Letra e música para ouvir) - Os guerreiros se preparam para a grande luta / é Jesus o capitão, que avante os. Ouvir, Baixar gratuitamente a música Os Guerreiros Se Preparam - Nice Oliveira - Meus Hinos Preferidos (Harpa Cristã - Vol. 01). Confira também outros. Os guerreiros se preparam para a grande luta / é Jesus o capitão, que avante os levará / O exército de Cristo marcha triunfante, certo que a vitória.

Nome: os guerreiros se preparam renascer praise download gratuito
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: MacOS. Android. iOS. Windows XP/7/10.
Licença:Somente uso pessoal
Tamanho do arquivo:20.25 MB

RENASCER DOWNLOAD PREPARAM PRAISE GUERREIROS OS GRATUITO SE

O mais conhecido dentre eles era no Kham no leste do Tibete em Nangchen, onde se encontrava o monastério de Kebcha que reunia uma centena de monjas. Preocupado, o Geshe consultou um quiromante. Normas de comportamento no ensaio. Graça e glória a ti pertencem, Ó esposa do Senhor! Também pediste que esse teu exemplo Se repetisse em nós e que, ao invés De nos fecharmos em teu santo templo, Saíssemos lavando outros pés.

Ouvir, Baixar gratuitamente a música Os Guerreiros Se Preparam - Nice Oliveira - Meus Hinos Preferidos (Harpa Cristã - Vol. 01). Confira também outros. Os guerreiros se preparam para a grande luta / é Jesus o capitão, que avante os levará / O exército de Cristo marcha triunfante, certo que a vitória. Aprenda a tocar a cifra de Os Guerreiros Se Preparam (Harpa Cristã) no Cifra Club. Eu quero estar com Cristo / Onde a luta se travar / No lance imprevisto / Na . Os guerreiros se preparam para a grande luta. / é Jesus o capitão, que avante os levará. / O exército de Cristo marcha triunfante, certo que a vitória alca. Renascer Praise é uma banda brasileira de música cristã contemporânea, formada em , e de Estevam Hernandes tocando Sax na música "Os Guerreiros Se Preparam". . Em abril de , o grupo divulgou em seu site oficial o Kit Páscoa com download gratuito de playbacks, cifras, letras e partituras de músicas.

É dito que a natureza de um buda é um "segredo inconcebível". Na verdade, é naturalque todos possam manter seu próprio ponto de vista. No próprio budismo, no decorrer do tempo, diferentes escolas filosóficas tem sido opostas umas às outras.

Nós realmente somos prisioneiros de nossas construções psicológicas, que encobrem a realidade. Uma vez que estamos totalmente liberados de elaborações mentais, somos um buda. Eles só adicionam novas construções nas anteriores. Essa marca é formada pelo uso de todos os elementos da nossa personalidade: o corpo, a fala e a mente. Também é o corpo que faz oferendas musicais, pelo toque do sino ou de outros instrumentos. As palavras nos permitem evocar aquilo que é concebido pela mente.

Entendido dessa maneira, o ritual atua sobre a nossa mente. Por um lado, ele ajuda a nos purificarmos do véu da ignorância e dos outros véus. Pergunta: Durante os rituais, às vezes imaginamos a presença da deidade diante de nós. Imaginar que somos a deidade e visualizar a deidade diante de nós ao mesmo tempo é um primeiro passo, um meio para nos livrarmos progressivamente dessa tendência dualista.

Estes termas podem assumir 44 a forma de textos materialmente escritos, escondidos em pedras, paredes ou outros lugares, ou diretamente entregues pela deidade ao descobridor. Eles também podem ser revelados na mente. Chogyur Lingpa revelou o que havia recebido a apenas uma pessoa, Jamyang Khyentse Wangpo. Apresentamos aqui resumidamente as suas características.

Como se trata de um terma, ele é precedido de preces dirigidas a Padmasambhava. Ao pedir que os Budas permaneçam presentes entre nós com ou sem um corpo, nos liberamos do pensamento de que a morte poderia pôr um fim à atividade dos Budas. Cada oferenda é representada por um mantra e por um mudra. Os praticantes imaginam ofertar a Tara, aos Budas e Bodisatvas a totalidade do universo reunido na forma de uma mandala.

As diferentes formas de Tara assumem seus lugares no céu, sendo a principal delas a Tara Verde. Cada sequência é separada por oferendas. Pensamos que ela nos protege contra todos os medos e perigos. Os praticantes oferecem a torma à deidade, a fim de se aproximarem dela com pedidos.

Enquanto recitam esses desejos, os praticantes jogam arroz no ar, simbolizando as chuvas de flores lançadaspelos deuses sobre a Terra. Outras preces e preces de longa vida dirigidas aos mestres costumam concluir o ritual.

Qual é o motivo dessa oferenda? Resposta: Em geral, as oferendas servem para acumular mérito e purificar os véus. Oferecer uma torma serve mais para apresentarmos os nossos pedidos pessoais à deidade. Pedimos que ela aja em nosso favor, em favor de alguma outra pessoa, ou em favor de uma meta específica. Após a oferenda do torma, recitamos um texto nesse sentido. Faze com que o mundo seja feliz, os anos sejam excelentes, e as colheitas fartas.

Faze com que o Darma se dissemine, a felicidade seja perfeita, e todos os meus desejos se realizem". Qual é a sua utilidade? Resposta: O tentor serve a diversas funções. Nesse caso, ele é o suporte da presença da deidade.

Alguns monastérios os realizam, enquanto que outros escolhem rituais diferentes. Em Sonada, Kalu Rinpoche estabeleceu esse costume. Pergunta: Existe um dia dedicado a Tara? Resposta: O dia de Tara é o oitavo dia do mês tibetano, ou seja, o primeiro quarto lunar oito dias após a lua nova. Elas também recitavam o mantra de Tara. A fé das pessoas leigas em Tara era imensa. Simplesmente, "Tara, protege-me!

Qual é o valor desse ponto de vista? Assim como a nossa mente,durante um sonho, pode criar aparências que nos levam a sofrer, que nos ameaçam, ou que nos amedrontam. É nesse contexto relativo que a deidade, que também se apresenta a nós momentaneamente como estando fora de nós mesmos, vem nos auxiliar quando oramos a ela. Até que tenhamos alcançado esse nível, enquanto estivermos percebendo o sofrimento e o medo como algo real, também chamamos por uma deidade que percebemos como tendo uma existência fora de nós.

As coisas podem ser entendidas em diversos níveis. Assim, é legítimo que um lama ore para obter essas crianças espirituais. Pergunta: A prece dirigida a Tara nos permite obter tudo o que desejamos, qualquer que seja o nosso desejo. Portanto, Tara responde aos desejos dos seres apenas se esses desejos tiverem a característica de trazer a eles uma felicidade maior de um ponto de vista temporal e espiritual.

Mas se novos elementos entram em jogo, é possível uma mudança. Existem meios profundos relacionados a seres genuinamente despertos, ou a deidades como Tara.

A menos que esses fatores se apresentem, o carma efetivamente produz os seus efeitos de maneira infalível.

Turma do Chaves cantando Os Guerreiros Se Preparam Renascer Praise 66

As outras iniciações de Tara, especialmente as que fazem parte dos tantras superiores, podem ser apresentadas de modo ligeiramente diferente e possuem uma estrutura mais complexa. Isso é benéfico. Esses modificadores abundam no tibetano. Ele foi considerado como alguém que havia reencarnado na Índia em muitas vidas anteriorescomo um estudioso.

As tendências assim deixadas em sua mente explicam a facilidade com que ele estudava o sânscrito. Seus trabalhos escritos foram prolíficos.

GUERREIROS GRATUITO PRAISE OS DOWNLOAD PREPARAM SE RENASCER

Ela também reuniu em si toda a atividade de todos os Budas e Bodisatvas. Em uma atitude de grande reverência e profunda confiança, a nossa mente ora para que a deidade nos proteja de todo sofrimento e de todos os medos do samsara, e para que nos conceda o nosso pedido.

O seu significado é o seguinte. Liberadora também é o significado da palavra Tara. As duas linhas seguintes referem-se à origem de Tara por um ponto de vista relativo.

No outono, o céu é extremamente límpido. As duas linhas seguintes indicam que Tara possui plenamente os seis paramitas, as seis perfeições dos bodisatvas. Quando a recitamos, Tara efetivamente nos concede tudo o que pedimos a ela. A cosmologia budista divide as possibilidades da existência em três esferas, ou domínios: a esfera do desejo infernos, espíritos famintos, animais, seres humanos, semideuses e algumas categorias de deuses , a esfera da forma outras categorias de deuses em níveis mais sutis , e a esfera sem forma outras categorias de deuses em níveis ainda mais sutis.

As duas linhas finais se referem à homenagem rendida por outras classes de seres normalmente opostos ao Darma, e que vivem nos reinos dos asuras ou pretas.

Tara tem o poder de vencer todas as suas maquinações. O fogo primeiro força Yama deus da morte e todos aqueles que poderiam ferir nossas vidas a fugir; em segundo lugar, o fogo nos envolve, protegendo-nos. Porém, quando as circunstâncias demandam, ela pode assumir um aspecto irado e violento, capaz de amedrontar.

Tal orgulho divino vence as emoções conflitantes e nos permite finalmente obter o Corpo da Sabedoria, a plenitude-vacuidade, um termo usado nos tantras como equivalente para o Corpo Absoluto.

O mudra das Três Joias mencionado aqui, de acordo com Taranatha, é completamente diferente. A luz com que Tara preenche o universo representa o seu surgimento espontâneo quando um dos seus seguidores a chama por meio do seu mantra Tara liberta os seres de todos os sofrimentos.

As duas primeiras linhas louvam a tiara com formato de uma lua crescente e os ornamentos embutidos com pedras preciosas, adornando o corpo de Tara e irradiando com um brilho que emana em todas as direções.

Tara o Divino Feminino - Bokar Rimpoche

A terra designa aqui a superfície do mundo em sua totalidade. Isso explica os seus benefícios. A partir da sílaba-semente, surge o mantra ou a própria deidade. No Oriente, as pessoas identificam a forma de uma lebre ou um coelho sobre a lua, claramente desenhada, com as suas duas longas orelhas em pé.

Outros exemplos desse modo de pensar podem ser encontrados. Inteiramente dependentes dos homens, mulheres tinham muito pouca liberdade ou poder para tomar decisões. Condenada a família e tarefas domésticas, elas tinham acesso limitado ao darma. Sob essas circunstancias, era de longe melhor ser homem do que mulher. Contudo, era devido somente a essas circunstancias e fora delas tinha pouca importância.

De fato, é considerado que sem a presença do efeito potencial contido na causa, esse nunca se manifestaria. Esse potencial é, 79 entretanto, comum a todos os seres sem diferenças na qualidade. Se ela é feita, seja por um homem ou uma mulher, se obtém um resultado.

Se ela assim fizesse, isso a conduziria a realizar a natureza da sua mente. Outro sonho trouxe a ela novas instruções. Gelongma Palmo foi para o local indicado no sonho e, além de recitar o mantra, ela jejuava todos os dias. Devido à graça de Avalokiteshevara, ela curou-se completamente da lepra e seu corpo recuperou o frescor da juventude. Mais tarde, Avalokiteshevara lhe apareceu em todo o seu esplendor, em sua forma com 1. Gelongma Palmo estava plena de reverência.

Entre seus muitos discípulos, duas mulheres eram suas companheiras místicas, cada uma delas desempenhando um importante papel. Uma delas,Mandarava era indiana.

A outra mulher, Yeshe Tsogyal, era tibetana. Entretanto, Padmasambhava transformou o fogo ardente num lago. O Rei adquiriu fé nele e entregou seu reino e a princesa a ele. Todavia, ela miraculosamente apareceu no País das Neves e conversou com seu professor.

Este foi o caso de Khyungpo Naljor, mestre tibetano do século XI e fundador da Escola Shangpa no Tibete, depois de haver recebido instruções na Índia por muitos anos. Aconselhado por muitos de seus mestres para encontrar-se com Niguma, foi à floresta de Sosaling. Khyungpo Naljorprosternou-se,oferecendo-lhe ouro e pedindo-lhe instruções.

O tibetano ficou com medo, se perguntando se havia se confrontado com uma dakini comedora de carne fresca no lugar da famosa yoguine. Niguma fez aparecer uma alta montanha, e de seu cume quatro rios de ouro fluíam incessantemente. Todas as reservas da casa estavam esgotadas; restava apenas uma tigela de arroz. O pai e o filho, em desespero, decidiram ir mendigar. Durante a ausência deles, um asceta mendicante apareceu à porta e disse que seu nome era "Grande Lua Negra.

À noite, o pai e o filho retornam a casa desesperados, sem ter obtido nada, apesar de todo um dia de esforços. A cólera dos dois homens foi tamanha que eles expulsaram a pobre mulher sem querer escutar suas explicações.

Vagando pelos caminhos, ela finalmente chegou ao país de Uddyana, a oeste da Cachemira. Ela abriu uma loja no mercado da vila onde ela vendia a cerveja de cevada que ela mesma produzia. Curiosa quanto ao destino da cerveja, a mulher um dia perguntou para quem elas faziam a compra. Ele logo lhe conferiu ensinamentos e iniciações. As instruções deixadas por Sukhasiddhi e Niguma têm sidotransmitidas até os nossos dias.

Vejamos algumas daquelas que tiveram seus nomes preservados na historia. Todas duas fizeram construir numerosos templos e deram forte suporte ao desenvolvimento do budismo. Este acontecimento pareceu muito auspicioso e deu nome a criança: Tsogyal, "Rainha do Lago". No fim de sua vida, sem deixar restos mortais, ela se reencontrou com seu mestre na terra pura, a Montanha Cor de Cobre. Desde jovem, ela mostrou capacidades excepcionais.

Ela podia também explicar seus significados até mesmo a grandes eruditos, que ficavam estarrecidos com sua sabedoria. Ela deixou de lado as belas roupas que gostava de usar e se vestiu como uma mendicante. Ela passou a apreciar tanto a companhia de leprosos e de pobres, como a de eruditos e meditadores.

Eu a encontrei quando eu fazia meus estudos em Tsurpu, o mosteiro dos Karmapa, próximo de Lhassa. Eu deveria ter 13 ou 14 anos. Ela, por sua vez, devia ter uns 60 anos. Mais Perto Quero Estar Rude Cruz Firme nas Promessas Vencendo Vem Jesus. Livre Sou Contigo Dançar Sou Atraído Estou a Procurar Amo Teu Amor Nada se Compara Espontâneo Vou Vencer Milagre Tempo de Milagres Em Qualquer Lugar Obrigado Jesus Divida de Amor Amado Meu Te Quero Mais Alegria Meu Milagre Chegou Tudo Mudou Eu Quero Ser.

Amo teu Amor Milagres Abertura Meu Amor por Ti Meu Mundo Mudou Eu e Minha Casa Mais que Abundante Torre Forte Que Amor é Esse Ó Salvador, teu reino aqui Ajuda-nos a promover! Ouço o clamor do bom Pastor Pelo deserto abrasador, Seus cordeirinhos a chamar, Mui desejoso de os salvar. Vai buscar! Meus cordeirinhos vai buscar! Para que os possa abençoar. Pelo deserto a padecer, Pelas estradas a morrer, Seus cordeirinhos vai buscar, Para que os possa abençoar.

Eia, guerreirinhos, por Jesus lutai; Confiando nele, ide, batalhai! Eia, guerreirinhos, luz, pois, difundi; Sim, a espada santa sem temor brandi; Firmes nas fileiras, cheios de fervor, Ide proclamando as novas do Senhor. Se quereis servir a Cristo, Tendes muito que fazer. Sim, Ele é "a luz do mundo"! Dedicai-vos, sem reserva, Ao serviço de Jesus, Pois o inferno se conserva Em combate contra a luz!

ASSIS GOSPEL VIVENDO EM ADORAÇÃO A DEUS: Agosto

Transmiti o dom eterno Que lograstes alcançar; Deus, em seu amor paterno, Os perdidos quer salvar. Sim, de vós é que se espera Que ao Brasil a luz leveis, Onde o erro tanto impera Contra Cristo e suas leis. Vinde, ó mocidade, Dedicar com todo o amor, Sim, com ansiedade, Vossa vida ao Salvador. Ele vos convida Para virdes trabalhar; Nessa santa lida Vinde com prazer entrar. Andam enganadas, Sem pensar no triste fim; Sem Jesus, coitadas, É um triste estado, sim! Vede como as gentes, Afastadas do bom Deus, Todas descontentes, Clamam pela luz dos céus.

Somente a ti compete Ceifeiros escolher; Que façam o serviço Conforme o teu querer. As mentes, pois, prepara, Inflama os corações E manda bons obreiros Pregar às multidões. E, cada vez mais forte, Mais cheio de fervor, A todos manifeste A graça do Senhor. Mais um obreiro escuta A tua voz, Jesus, E quer entrar na luta, Seguindo tua luz; Tem força diminuta, Mas crendo em tua cruz, Os planos executa, Que teu amor produz!

Protege-o da desgraça De sua fé perder; Reveste-o da couraça Do teu real poder. De Deus ministro, me revisto do poder do meu Senhor Para servi-lo com todo ardor. O evangelho com fé a pregar; Ao trabalho o Senhor nos convida, Vamos, pois, com Jesus pelejar.

Quantas almas poderia Ao Senhor apresentar? No celeste lar entrando, Como irei ao Salvador? Quantas almas irei levando, Para meu fiel Senhor?

Queres, neste mundo, ser um vencedor? Queres tu cantar nas lutas e na dor? Queres ser alegre, qual bom lutador? Guarda o contato com teu Salvador! Sua glória em ti sempre permanecer? Que o mundo possa Cristo em ti ver! Guarda o contato co'o supremo Ser. Deixa que o Espírito implante em teu ser, O amor de Cristo, divinal prazer; Queres, neste mundo, todo o mal vencer?

Crentes, para Jesus olhai, Pela fé, sempre, sim, lutai; Ao inimigo, ó combatei; O Evangelho anunciai. Eu quero trabalhar p'ra meu Senhor, Levando a Palavra com amor; Quero eu cantar e orar, E ocupado quero estar, Sim, na vinha do Senhor. Fala Deus! Toca-me com brasa do altar; Fala Deus! Sim, alegre, atendo ao Teu mandar. O Evangelho, ó pregai, A todo mundo, sim chamai, E, sem temor, as novas dai E a bandeira levantai.

Tem um modo o Senhor, Que é próprio do amor, Ele usa dos remidos o menor, Todo o mundo me deixou, E de mim se envergonhou, Mas alegre, vou pescar, pois é melhor. Soldados de Cristo que entrastes na lida. Lutai sem desmaio, lutai com valor; E o inimigo levai de vencida, Dizendo que Cristo é nosso Senhor. Soldados de Cristo, marchai sempre avante, Levando à destra as armas da luz; As almas perdidas buscai triunfantes E prestes, levai-as a Cristo Jesus.

Peleja, ó crente, a santa peleja, Prossegue avante por Cristo Jesus; E sê mui valente; na frente estejas, Dizendo que Cristo morreu numa cruz. Até que O possa ver na glória, Se alegrando da vitória, Onde Deus vai me coroar!

Podes tu ficar dormindo, mesmo vacilante, Quando atacam outros a Belial? Para os campos a segar, Eis o trigo a lourejar, Ide ceifar, ide segar; Todo dia trabalhai E só de Jesus falai; Ide ceifar, ide pregar!

Ide segar, ide ceifar! Sim, trabalhai, e proclamai! Eis que o amor do Salvador Vos impele ao Seu labor Sem demorar, ide segar. Para o vale, monte ou mar, O Senhor vos quer mandar A proclamar, anunciar; Os perdidos procurar, Pois Jesus os quer salvar; Ide falar, e, proclamar! Queiras logo responder: "Eis-me aqui, Senhor". Jovem, desperta. Faz-te pronto e alerta!

Na batalha contra o mal, sê valente! Segue em marcha triunfal, sê valente! Sê valente! Pelejando por Jesus, Sê valente! Nunca rejeitando a cruz! Firme sempre no amor, Com indômito valor, Cheio do Consolador, Sê valente! Se o maligno t'enfrentar, sê valente! Co'altruísmo, com poder, sê valente! Franco sem o mal temer, sê valente!

O Evangelho a proclamar, sê valente! No Brasil, em terra ou mar, sê valente! Tua vida enobrecer! Sempre com Jesus viver, E a ti também vencer; Sê valente! Levai o escudo, sim, da fé, Pois a peleja dura é, Mas promessa temos nós De jamais lutarmos sós. Subiremos para o Céu, onde vamos habitar. Confiando, irei onde me mandar; Pela terra, pelo mar também. Eis que estou convosco para vos guardar, Por todos os séculos. Nossas vozes jubilosas Elevamos com fervor, Pela vinda amistosa Dos obreiros do Senhor.

Recebei os lutadores Da verdade, do amor Demos a Jesus louvores, Que os trouxe com vigor. Abraçai os bons soldados Das fileiras de Jesus, Aos que lutam denodados Para difundir a luz. Resplandece, ó Sol Verdadeiro! Teus celestes raios vamos espalhar; Resplandece, ó Sol Verdadeiro! Resplendor celeste brilha desde os Céus. Só uns raios fortes deste resplendor, Toda a terra podem inundar de amor; Podem dum deserto fazer um jardim; Resplendor do Sol, ó brilha para mim. Quando os salvos congregados, Dentre os povos e nações, Virem Cristo mui amado, Oh!

Vidas santas Cristo necessita, Que aos pecadores mostrem Seu poder, Em Jesus firmadas e também contritas, Para que por elas, faça Seu querer. Se, pelos vales, eu peregrino vou andar Ou na luz gloriosa de Cristo habitar, Irei com meu Senhor p'ra onde Ele for. Confiando na graça de meu Salvador. Contente com Jesus, levando a minha cruz.

Eu falo de Cristo que é minha luz. Ouve a voz de Deus chamando Para à ceifa te trazer! Do teu labor o fruto aumenta, Quando vives sempre a orar.

Bem-aventurado o servo Que viveu a trabalhar. Ao fiel o Pai declara: "No meu gozo vais entrar. Juntos trabalhamos pelo nosso Rei; Frutos mostraremos quando aqui voltar. Homens maus buscamos para a sua grei, Pois o nosso Rei também os quer salvar. Mesmo em nossa casa, nosso derredor, Vamos trabalhando pelo Salvador. Senhor, envia obreiros bons, De fé, coragem, zelo e amor; Fiéis a Ti e ao seu dever, Leais ao Redentor.

Cifras Praise Compiladas

Quero, Jesus, fazer o teu querer; Quero servir-te, sim, Tua palavra sempre obedecer, Pois tens amado a mim. Quero te servir Oh! Meu Salvador Quero te servir, Pois és o meu Pastor.

Nesta jornada sempre confiarei No teu grandioso amor. Tua mensagem sempre levarei Aos que padecem dor. Meu Brasil! Abre o largo peito e deixa a luz raiar! O evangelho de Jesus te quer salvar! Arautos somos de Jesus, Chamando as almas para a luz, A luz que brilha desde os céus E guia os homens para Deus.

A vida nele proclamai, Seu evangelho anunciai. O vosso posto hoje ocupai, A luz nas trevas espalhai! Na tênue luz da madrugada Do leito salta o semeador.

Ei-lo a seguir a sua estrada; Fiel, constante em seu labor. Cai sobre o sulco, e nasce e medra; Quanta esperança, ó semeador! Nem solo mau nem rija pedra; Mas surge o espinho em derredor. Mocidade, eis o mundo vencido, Só de trevas tomado, e sem luz; Empunhai vosso facho incendido, E mostrai mundo novo em Jesus!

Os seus intentos cumpre Deus No decorrer dos anos. Ele executa o seu querer De acordo com seus planos. Aproxima-se o final! Desde o longínquo norte ao sul, Em todos os recantos, Sai a mensagem do Senhor Da boca dos seus santos. Só ele o esforço aqui bendiz E é quem nutre a semente. Eia, pois, ó crentes, Servos de Jesus! Firmes, denodados Alto erguei a Cruz! Tende os pés calçados Da celeste paz, A armadura ponde, Que poder nos traz.

Sobraçando o escudo Da verdade e fé, Vencereis a luta, Ficareis de pé. Nunca divididos! Sois somente um ser; Um só na esperança, E um no amar e crer. Erga-se o estandarte, Tremulante, à luz! Na cruzada invicta, Quem quer hoje entrar? O Evangelho santo Ir anunciar? Ergue-se o estandarte Tremulando à luz! Luta contra as trevas! Luta contra o mal! Eis-nos à peleja, Santa, divinal! Vinde ao bom combate, Sem esmorecer, De valor eterno, Glória haveis de ter; A quem quer segui-lo, Eis que diz Jesus: "Negue-se a si mesmo, Tome a sua cruz.

Salvador, confio Em teu grande amor. Ocorre em Novo Cântico, Trabalhai com ânimo e constância, Seguindo o Salvador! Brilhai nas trevas da ignorância! Brilhai para o Senhor!

PREPARAM OS GRATUITO DOWNLOAD GUERREIROS SE PRAISE RENASCER

Brilhai para o Senhor. Chamai para o Senhor.

Enchei-vos de alegria e paz, Gratos hinos entoai A quem vossa alma satisfaz, Ao vosso bom, celeste Pai. Cantai para o Senhor. Marchai alegres, corajosos, À frente, sem temor! Pureza em tudo! E valorosos Ergue altiva, a Jesus proclamando, Juventude, o teu grito de fé. Bem unida, o Evangelho exaltando, Marcha, avante, garbosa de pé! Eis a hora crucial, Mocidade, Em que o mundo, envolvido no mal, Vem pedir, com suprema ansiedade, Do Evangelho a mensagem real.

O estandarte da fé sustentemos Neste solo querido e gentil, Onde o emblema da cruz verdadeira Brilha sempre em teu céu, ó Brasil! Bravos crentes brasileiros, Para longe inércia vil! Quantos tristes, sem alento, jazem combalidos, Pois a treva do pecado é noite vil, sem luz!

Obreiro santo, Jesus te manda pregar O Evangelho e muitas almas ganhar, Vai levar para os famintos da terra, Como soldado na guerra, vai para os campos lutar. Jesus, Jesus me guia nesta jornada. Às nações uma história nós temos, Uma história cheia de paz; Das trevas nos encaminhou, A quem hoje é Rei, Jesus. A quem hoje é Rei, Jesus. Pois a treva se volve aurora Qual um dia em esplendor. Às nações doce canto nós temos, Que ao Senhor as vai soerguer. Desfaz as barreiras da guerra E as armas faz perecer.

E as armas faz perecer. Às nações Salvador inda temos, Que penou, morreu sobre a cruz. A fim de que todos os povos Viessem das trevas à luz. Viessem das trevas à luz. O inimigo potente se mostra Mas, com Cristo, sois fortes, marchar. Vem, vem, vem, vem. Sim, vem trabalhar comigo, Contra o mal, contra o erro lutai, Tendo o santo Evangelho por arma A verdade da cruz proclamai. Ó mulheres! Vós sois valorosas Nesta obra, pois bem, avançai, Ide aos povos levar o Evangelho, Para a glória de Deus trabalhai!

Ó jovens! Sois vós o exército de Deus. Glória a Deus! Avivados, marchemos pro céu. Jovens fortes, lutando por Cristo, Na alegria, tristeza ou na dor, Empunhai a espada divina, E lutai por Jesus, com ardor. Espírito Sagrado, vem E habita em nós, excelso bem, Da vida ó sol radiante!

Nos corações vem infundir O teu fulgor! Faze-os luzir Em esplendor constante! Eis que a ti, Senhor, chegamos. Ó fonte eterna do saber, Os corações vem tu encher Com teu amor bendito. Ó faze-nos testemunhar E o evangelho revelar Ao mundo inquieto e aflito! Rochedo firme em bravo mar, Em nossas almas vem gravar O Verbo teu bendito!

Que nos lembremos com fervor Do teu eterno e santo amor Ao abatido e aflito. HINO Mateus 9. Em testemunho corajoso Nos faze proclamar o seu amor! Que em breve o fogo teu ardesse, Que viesse aos homens todos despertar!

Senhor, envia à tua messe Ceifeiros que se põem a trabalhar! Difunde o Reino teu aqui, Senhor, Em toda a terra — para o teu louvor! HINO Mateus Real poder me foi dado, Poder no céu e na terra: Ide anunciai o evangelho Aos povo que a noite encerra! Segui os trilhos dos homens, Pregai a boa mensagem; Andai de leve e alegres, Sem muita carga e bagagem! Colheita grande e preciosa Deus quer levar aos celeiros: Rogai ao Senhor da seara Por bons e fiéis ceifeiros!

HINO Romanos Ó Deus, nos faze mensageiros Da boa nova de Jesus! No mundo inquieto e conturbado Ergamos o sinal da cruz! Como escapar de Ti? Como calar, se Tua voz arde em meu peito? Como escapar de Ti, como calar, Se Tua voz arde em meu peito? Senhor, se tu me chamas, eu quero te ouvir.

Se queres que eu te siga, respondo: Eis-me aqui. Profetas te seguiram E ouviram tua voz, Andaram mundo afora E pregaram sem temor. Seus passos tu firmaste, Sustentando seu vigor. Profeta tu me chamas: Vê, Senhor, aqui estou. Jesus morreu por mim e agora eu lhe pertenço, sim. E mesmo que o mundo por isso me despreze, Eu falo de Jesus e que seu fardo é leve.

Seguindo os passos seus, eu testemunho o amor de Deus. Que o meu falar e a vida em harmonia estejam, Que todos o amor na minha vida vejam. Igreja que serve, serve. Como vamos mostrar quem é Cristo, Se em verbo sua carne transformamos? Das palavras de Jesus nasceu a vida; Do servir de Jesus brotou a fé. Melodia: C. Que assim como nos amas, sem condições, Se derrame vida plena sobre as nações. Melodia: H.

Como vamos cantar Sem amor, liberdade, Sem poder partilhar O calor da igualdade? Ocorre em Cantai Todos os Povos, Pedro homem simples, pescador de alto mar. Pedro, Pedro, Pedro, outra pescaria De hoje em diante, Pedro vou te ensinar 1. Vamos nós também falar de Jesus Convidar os outros a andar na sua luz, Como pescadores vamos arriscar, Rede mar a dentro o Evangelho anunciar.

Letra e Melodia: O. Atualmente conta com hinos, selecionados dentre hinos tradicionais e outros de origem mais recente. Cantamos a nossa fé. Cantamos as lições da Palavra de Deus. Povoam as cidades inquietas multidões Que vivem na ganância e em vis degradações. Bem pouco ali ressoam as preces e o louvor Que as mal nutridas almas levantam ao Senhor. Nos centros e nos bairros, nas ruas, nas prisões, As almas esquecidas perecem aos milhões!

Contempla, ó Deus, teu povo nas lutas do viver, E aos crentes das cidades concede teu poder! Do sonho à realidade permite-nos sair, Oh! Faze a Igreja de hoje melhor a ti servir. Todas unidas com santo ardor, Almas remidas cheias de amor. Nossa mensagem é de valor, Pois Jesus Cristo é o Senhor! Sim, Jesus Cristo é o Senhor! Das nossas vidas ele é o Senhor! Dos nossas lares ele é o Senhor! E o nosso tempo é do Senhor! Vamos bem alto o seu nome erguer, Nossos recursos oferecer, Para que o mundo venha saber Que ele é o Senhor de todo ser!

Vamos, unidas, pois, proclamar Que ele é o Senhor do céu e mar! Aqui reunidos, queremos, ó Deus, À causa da Igreja servir.

Na santa seara, a nós, servos teus, Oh! Mostra, Senhor, como agir. Aos teus mensageiros, oh!

GRATUITO RENASCER OS PRAISE SE GUERREIROS PREPARAM DOWNLOAD

Vem, Salvador, Tornar cada vez mais fiéis! De vis preconceitos e impulsos carnais Vem sempre os teus servos guardar, Unindo-os no afeto de amigos leais, Fazendo-os em paz trabalhar. Senhor, aos teus servos concede o saber, Mais fé, mais lampejos de luz! E à boa semente do santo trigal Permite nascer e crescer! Eis a Bíblia, a Palavra que de Deus provém! Quem com ela vive e lavra, vive para o bem!

Anunciai a Bíblia aos povos, Ela é vida e luz! Seus ensinos, sempre novos, Falam de Jesus! Dessa Bíblia, a semente ide semear! Anunciando a toda gente que Deus quer salvar! Mocidade, homens, velhos, ponde-vos de pé E as lições dos Evangelhos propagai com fé! A lei de Deus aos homens vamos dar.

Teu Livro eterno o tempo atravessou E o mundo inteiro hoje o pode ler! Na voz de muitos mensageiros teus, No Livro impresso em muitas edições, A divinal Palavra faz-se ouvir Aos frios, desolados corações!

Uma voz, nos primórdios da História, Fez-se ouvir com solene vigor, Proclamando a estupenda vitória Sobre a morte, o pecado e a dor! Foi Jesus, com palavras candentes Do seu verbo divino e veraz, Ordenando que a todas as gentes Se pregasse o Evangelho da paz.

Para Cristo, a esperança do mundo, Conquistemos o nosso país. Jovens fortes, chama-nos Jesus, Para um mundo novo construir. Que nós venceremos no poder da cruz! Queremos sempre obedecer, ativos sempre estar. Mandados somos de Jesus, ergamos Sua Cruz. Ao Céu jamais hei de chegar sem um valor real. Com outros, luto por achar o prêmio celestial.

Eu vou lutar para reinar. Que possa as provas suportar, firmado em Teu amor. O Rei vos contempla! Vencei a canseira! Segui vossa luta constante e tenaz. Cristo nos guia! Vencei inimigos e forças hostis. Aos povos pregai sobre o Livro imortal; Aos homens valei com a Luz verdadeira, Que vem deste claro e luzente farol.

Proclama o grande Salvador, E canta Sua paz. Mostrar-nos o amor de Deus. Recebam um lar no Céu. Ó Senhor da grande Ceifa, Manda obreiros a segar, Manda que recolham molhos, Pois o tempo vai passar. Cristo pede aos redimidos Que demonstrem Seu poder. Ouve tu a voz que chama, Vai contar o Seu amor.

Vê as multidões perdidas Que perecem sem amor. Vai, proclama a mensagem De Jesus, o Salvador. Testifica do teu Mestre Que, aos homens, soube amar. Se careces de riquezas E custoso te é dar, Lembra: a Jesus tu podes Tua vida ofertar.

Vem descendo o véu da noite ao redor, Fala do Senhor e Sua Cruz. Fala do Senhor e Sua Cruz. Anuncia a graça redentora aos teus, Fala do Senhor e Sua Cruz. O bom Pastor lhes tem amor! O bom Pastor lhes tem amor, lhes tem amor! Com amor, com ardor, Vos convida agora o Bom Pastor. Com amor, com ardor, Nós vos chamamos a Cristo. Quem ao Pastor quer ajudar Essas ovelhas a buscar? Ouvi, remidos, o clamor De ovelhas tantas sem pastor!

As Boas Novas proclamai!