3deko.info

Olá, meu nome é Pablo e criei este blog para ajudar os estudantes portugueses a estudar. Carrego milhares de arquivos úteis toda semana

BAIXAR ELISA MASSELLI


Elisa Masselli - A Vida é Feita de Escolhas - documento [*.pdf] A Vida é feita de EscolhasA Vida é feita de EscolhasA Vida é feita de EscolhasA. Este é mais um livro da consagrada escritora Elisa Masselli. Ele revela uma história real, onde tragédia e ódio, amor e redenção, fazem parte de um mesmo . Livros Elisa Masselli (Arquivos PDF). É Preciso Algo Mais ( Elisa Masselli).pdf (1,5 MB) · Encontros com a Verdade (Elisa Masselli).pdf (1,6.

Nome: elisa masselli
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: Android. Windows XP/7/10. iOS. MacOS.
Licença:Apenas para uso pessoal (compre mais tarde!)
Tamanho do arquivo:64.89 MB

O Robertinho passou aqui pela manh. Seus olhos encontraram-se com os de Rosa Maria. Uma família de portugueses emigrou para o Brasil, comprou uma fazenda em Minas Gerais. Leandro disse: — Papai, ele deve ter arrumado uma namorada! Cumpri a minha parte, trouxe mais um. Gustavo, v para seu quarto. Dirigiram-se para a sala de jantar. O pai de Simbegwire fez o melhor que pode para cuidar. Embora eu houvesse trabalhado muito em minha vida, naquele momento, havia perdido tudo. Recebi um outro telefonema de dona Zibia para me avisar que o livro estava pronto. É a caçula de quatro filhos de senhor Jovino e dona Mariana, uma família de classe média, tranqüila, alegre e unida. Entrou em casa. Est bem, o meu jardim est precisando de limpeza. Rezamos muito, eu e a Emlia. Vou para o meu quarto! Ela, de classe média, jovem sensível, espírita. Perdoe sempre. Esta é uma história repleta de suspense, segredos e descobertas! Seu bar ficava ao lado da igreja. Pode ser, mas no gostaria que se casasse com meu filho.

Este é mais um livro da consagrada escritora Elisa Masselli. Ele revela uma história real, onde tragédia e ódio, amor e redenção, fazem parte de um mesmo . Livros Elisa Masselli (Arquivos PDF). É Preciso Algo Mais ( Elisa Masselli).pdf (1,5 MB) · Encontros com a Verdade (Elisa Masselli).pdf (1,6. Compre os livros de Elisa Masselli, no maior acervo de livros do Brasil. Encontre aqui obras novas, exemplares usados e seminovos pelos melhores preços. 11 de mar de Escritor espírita Elisa Masselli, vídeos de Elisa Masselli, Grátis - Zibia Gasparetto Livros Da Zibia Gasparetto, Audio Livro, Download De. A Misso De Cada Um Elisa Masselli. O que levaria Elisa Masselli. Todos, quando Precisamos baixar os custos e esse meu amigo far isso O Prefeito .

Donato é marceneiro e Marcela, dona de casa. A vida dela é cuidar da casa, do marido e dos filhos: Giuseppe e Roberta, a caçula. Desesperados, eles procuram dois especialistas, mas ouvem o mesmo diagnóstico.

Assim tem início uma jornada de provas e expiações para a família. Um grupo de ciganos, criado em , tem hoje como líder Sindel.

MASSELLI BAIXAR ELISA

Os integrantes atuais seguem uma lei criada naquela época e registrada em um caderno. O caminho de Urze. Ramon é apaixonado por Zenilda e planta flores no caminho que percorre para ver sua namorada.

Mas o caminho que eles percorrem se bifurca. A vida os separa. Ambos sofrem. Por um motivo alheio à sua vontade, Ramon precisou se ausentar por um tempo e muitas coisas aconteceram: um trabalho extra, um roubo e outras surpresas da vida. Zenilda se une a outro.

E as flores da estrada do morro, como no amor sem cultivo e sem cuidados, morrem. Ele, com muito esforço, torna-se um importante profissional em uma grande empresa.

Casa-se e tem filhos. E se emocionar A jovem também perde o pai. Paul Ashley e Gladys a adotam e cuidam dela como uma filha. O casal tem mais dois filhos: Marshal, o mais novo, e Caroline, adolescente, jovem caprichosa e mimada. Machista e alcoólatra, ele era casado com Vera e tinham um filho, Hugo, que desde pequeno dava sinais de que era um menino diferente dos outros.

Vera conhece a Doutrina Espírita, o que a faz repensar sua vida e refletir se deveria mesmo continuar ao lado de um homem que tanto a maltratava.

Na maioria das vezes, liga-se à droga, seja ela qual for. Todos conhecem os motivos sociais que levam muitas pessoas para o caminho das drogas. Talvez, por isso, muitas vezes tenho me perguntado sobre o porquê de as drogas existirem. Por que Deus permite isso? Sabia apenas que era sobre um rapaz envolvido com drogas. Fiquei entusiasmada, pois, finalmente, teria do Mundo Espiritual a resposta a que eu tanto ansiava sobre esse assunto.

Comecei a escrever. Como em outros livros, este também teve suas paradas, às vezes de dias. Fui conhecendo a história de Arthur, apaixonando-me por ela.

Adriana, jovem esforçada e esperta, é noiva de Nícolas, com quem vai se casar em três meses. Eles se aproximam, apaixonam-se e se envolvem. Mas problemas pessoais a afastam do rapaz: após trinta anos de casada, é traída pelo marido Agenor, enfrenta imensas dificuldades e procura reconstruir sua vida.

Ele vê a morte de perto. Como ajudar Adriana? Melhor acabar com o casamento marcado? Nesses momentos, podemos cometer grandes e terríveis equívocos que dificultam ainda mais a jornada. Autoestima é o conceito que alguém tem de si mesmo. E nada mesmo, nem ações boas de si para si mesmo, nem relacionamentos bons, nem sorte na vida, nem amparo divino, nem bons amigos, ou seja, nada de felicidade. Seus pais faleceram em um mesmo acidente quando ainda eram pequenos.

Gostava de alguma aventura. Quando Leonardo chega da Suíça para assumir seu posto no comando dos negócios, um sentimento estranho e confuso toma conta de Camila ao conhecer pessoalmente o rapaz. De onde eles se conheciam? Este enredo vai viver uma reviravolta! Em um passeio pela fazenda da família, dois barcos atravessavam o rio que margeava a propriedade. Um deles, em que estavam Camila e Leonardo, sofre um acidente e explode. Quando achamos que a vida nos fechou a porta, Deus oferece um mundo de novas oportunidades.

Foi o que aconteceu com Luísa. Como ele pode fazer isso dentro da própria empresa que construíram juntos? Desiludida e inconformada, Luísa resolve viajar e se afastar de tudo aquilo por um tempo. O casal vai com os filhos, Felipe e Isabela. O lugar, de fato, é pitoresco, e o tio, o senhor Epaminondas, é uma boa pessoa. Porém, o local também é habitado por moradores do Além.

Estela pede ajuda aos trabalhadores do centro espírita da cidade em que residia antes, local onde levava os filhos para receber passes.

Depois de certo tempo passa a ter mais atribuições e responsabilidades, devido ao seu bom desempenho e interesse. Assim, inicia seus estudos no curso de engenharia civil. Depois desse episódio e do seu completo restabelecimento, ele e Silvana se tornam grandes amigos e fazem um pacto: ninguém poderia modificar o que sentiam um pelo outro.

Por toda a eternidade, em qualquer canto do mundo, eles sempre iriam se reconhecer, em quaisquer circunstâncias, mesmo que tivessem mudado de corpo. Iriam sempre ouvir um ao outro, mesmo que restasse apenas o espírito. Você sabe como lidar com o medo, com as situações constrangedoras e com as frustrações?

Aprendeu a tirar proveito do sofrimento e, no fim de tudo, sentir que cresceu com aquela experiência dolorosa? Por esse motivo, relacionar-se é uma arte.

Ambas iludidas e enganadas.

Como fazer para reassumirem o controle de suas vidas? Sofia, a filha arquiteta, mora em seu próprio apartamento com vista para o mar, como sempre sonhou. Porém, sofre duros golpes praticados pela sócia Vânia, pelo noivo George e por Gustavo, que dizia ser seu amigo.

Ela perde tudo: o apartamento, a empresa, o trabalho, o dinheiro e se vê sem forças para retomar sua vida. Humilhações, desrespeito e até agressões físicas agora fazem parte do cotidiano da advogada Valéria, cada vez mais presa e sem condições para reagir. Boa leitura! É também através do pensamento que podemos encontrar soluções para nossos desafios. André explica como o pensamento pessimista atrai o medo e o insucesso, lançando a pessoa à improdutividade, rebaixando suas oportunidades de sucesso na vida.

Para isso, contou com o carinho de amigos espirituais que tiveram de adiar projetos importantes no plano espiritual que os ajudariam a evoluir.

MASSELLI BAIXAR ELISA

Muitas vezes somos provados para mostrar se de fato aprendemos as lições que estudamos. Conseguiremos ser aprovados? Crimes acontecem numa cidade. Ela sobrevive e acaba se apaixonando por aquele que julga ser seu salvador. Os desencarnados, algumas das vítimas, também querem contê-lo e, infelizmente, vingar-se.

André e Lílian tiveram um caso amoroso por um bom tempo. Ela era casada com o famoso e rico advogado Alfredo Ramos, muito influente na alta sociedade e nos gabinetes políticos. Mas esta era apenas uma estratégia para que ela iniciasse um torturante processo de vingança. Ela se aproxima da família de André, faz amizade com Viviane.

Onde isso iria parar? Tem início um intenso processo obsessivo cujo objetivo é afetar toda a família de André. Vitória era uma jovem cheia de vida. Conhece Fausto, um belo rapaz muito apaixonado por ela.

Contudo, aos poucos, Vitória vai mostrando sua verdadeira índole: dominadora, chantagista e arrogante. Fausto, para colocar o amor de Vitória à prova, finge ter perdido o emprego para ver até onde iria o sentimento da namorada. Afinal, ele seria um desempregado, sem poder atender os desejos dela. A história ganha novos contornos com o rompimento de Fausto e Vitória. A história se inicia com a visita de um grupo socorrista à comunidade espiritual umbralina Origem de Fogo, representada por Torquemada, conhecido como Senhor das Trevas.

Suas ideias distorcidas o fazem julgar-se o representante de Deus na Terra, o escolhido para dar continuidade ao Seu reino. No plano terrestre, um grupo de pré-adolescentes planeja estuprar e matar uma jovem de apenas 15 anos, inspirados por um filme que acabaram de assistir.

A vida espiritual é um mundo novo. Tanto para os que foram quanto para os que ficaram Mas o que estaria acontecendo naquele lar? As duas filhas querendo se mudar dali, o pai indiferente trazendo para casa a namorada. O filho mais velho estuda em outra cidade. E, nas férias, começa o drama. O que a garota tem? Ele é espírita e tenta ajudar os envolvidos, principalmente Laís, a avó das garotas.

Quem é você? O que somos nós? Na busca do conhecimento de quem somos de fato, ou do eu verdadeiro de cada um, é preciso focar em três palavras: questionamento, flexibilidade e autoconhecimento.

É importante questionar para saber distinguir o que é nosso de fato daquilo que nos foi imposto. Depois, flexibilizar para sair dos papéis e valores tradicionais. E, por fim, proceder ao autoconhecimento para saber o que estamos sendo no momento e mudar nosso modo de agir sem esperar que alguém faça isso por nós. Uma mulher misteriosa povoa a mente de Raul. E ele vai descobrir esse mistério em terras brasileiras.

Raul Hernandez Martinez, amante das artes e pintor renomado, nasceu no Brasil, mas foi ainda pequeno para a Espanha, terra de origem dos seus pais. Meses depois de ter retornado à Espanha, Raul começa a receber telefonemas anônimos e, em seguida, cartas de uma jovem que se dizia apaixonada pelo artista espanhol. Após o acidente, Raul é recolhido em um pequeno vilarejo indígena. A história ganha novos contornos e, pouco a pouco, o mistério daquela mulher começa a ser desvendado.

Selma vivia uma vida pacata e feliz. De repente, o passado vem à tona com força para abalar as estruturas. Selma é uma mulher bonita, tem um casamento feliz e um filho que é motivo de grande orgulho. Como Flora foi parar naquela cidade? Selma começa a ver toda a segurança de seu mundo e de sua família começar a ruir, de um dia para o outro.

Nossas escolhas tem um preço Ela sabia disso. Acabou encontrando a morte prematura e dias difíceis do outro lado da vida.

Mas, com a ajuda de Deus, Isabel decide realizar um milagre em sua vida.

Livros Elisa Masselli (Arquivos PDF) :: Liberdade das Limitações

Auxiliada pelos orientadores de sua colônia, ela inicia esse trabalho. Um triângulo amoroso pode machucar corações. E só o amor verdadeiro pode cicatrizar as feridas.

O rapaz fica livre para seguir seu caminho, e assim se volta para Marlene, filha de Diva, sócia do pai de Rogério em uma construtora. Mas a vida segue o seu rumo. Rogério e Marlene ficam noivos. Só que a vida cobra o preço de atitudes egoístas e impensadas.

Até mesmo depois da morte Desde pequena, ela tem visões da avó desencarnada e até conversa com ela. Os pais, angustiados, pensam ser um transtorno emocional.

A psicóloga nada constata. Amélie passa a ter flashes de encarnações passadas, desenvolve a vidência e a clariaudiência. Mas nada disso passa pela cabeça dos pais da garota.

Um trabalhador rural. Tudo caminhava com alegria e mais dois filhos vieram. Maria plantava flores em volta da casinha e a harmonia reinava. O tempo passa mais um pouco e Maria começa a dar sinais de fraqueza física. Um dia, a notícia chega: Maria desencarnou dentro de casa ao desempenhar as atividades domésticas de sempre. Abalado, José Carlos sai em disparada rumo ao lar e encontra a esposa morta. Tempos depois, resolve se matar. A instrutora Elma, na espiritualidade, era experiente e iluminada socorrista.

Noeli teve uma existência de privações, em que enfrentou muitas dificuldades. Morava numa casa que se deteriorava, mas que antigamente fora uma bela residência, um solar. Por que nascera naquele lugar? Ela tinha visões do passado, recordava-se da época em que ali vivera como senhora, a senhora do solar.

Mas, hoje, era pobre e vivia dos produtos de sua horta. Até que começou a fazer remédios e pomadas com ervas, curando muitas pessoas. Vamos compreender que, para atender um simples pedido nosso, o trabalho dos socorristas espirituais é imenso e, às vezes, mobiliza toda uma equipe em benefício do encarnado.

Uma história atual e bem próxima de todos os que vivem problemas de desarmonia no lar e dificuldades nos relacionamentos domésticos. O enredo é verdadeiro e envolvente.

Marina era uma mulher dócil, trabalhadora, costureira de qualidade. Um dia, Altino bateu tanto em Marina que chegou a quebrar o nariz da esposa. Além de tantos problemas, Altino ainda mantinha um caso extraconjugal com Joselina, uma amante interesseira, que sabe um segredo muito particular de Altino, capaz de comprometê-lo para o resto da vida. Aí começam seus problemas, muitos deles frutos dessa desarmonia no lar. Marina, a mulher guerreira e resignada, vai encontrar respostas para as armadilhas da vida em Uberaba MG , em visita ao médium Chico Xavier.

Este era o caso do casal Jonas e Sílvia, um lar tranquilo e de boa moral. Conservaram suas tradições e costumes. Por isso, em todosos anos, havia festas comemorativas de cada uma das colônias. A cidade vivia da agricultura. Todo o transporte era feito por cavalos, carroças e charretes. Tudo caminhavanormalmente, até aquele dia.

O que aconteceu? O dinheiro! Fale devagar, Robertinho! O menino morreu? Tem dinheiro, nome dohospital, do médico! O barulho era alto. Ela se virou e viu uma linda cachoeira.

Ela também estava feliz por vê-lo. Alto, bonito e com um lindo sorriso. Ela o conhecia. Estava vestido de branco com os olhos brilhantes de felicidade. Ela se assustou e acordou. Sentou-se na cama. Olhou para todos os lados. Estava em seu quarto.

Viu que fora. E aquele moço? Eu conheço, tenho certeza, mas de onde? Estava muito bem.

ELISA MASSELLI BAIXAR

E o homem do chicote? Apareceu porque você deve ter ido dormir pensando nele e estava com muito ódio. Isabel era amiga de Rosa Maria. Tinham quase a mesma idade. Foram criadas juntas. Isabel morava em um sítio vizinho ao seu. Conversavam muito e trocavam confidências. Começaram a conversar. Isabel apresentou uma moça que estava a seu lado: Esta é Joana, minha prima. Muito prazer! Meu nome é Rosa Maria, sou a melhor amiga.

Falando nisso, Isabel, esta noite tive um sonho estranho, mas maravilhoso! Com detalhes, contou o sonho para as duas. Isabel ficou abismada e disse: Nossa!

Diz que tudo é diferente. Tocam tambor, dançam e oferecem flores, frutas e comida a eles. As duas moças ficaram impressionadas com o relato de Joana. Para quebrar aquele clima, Isabel falou, rindo: Rosa Maria, vai ver você é uma deusa dos negros!

Você é louca? As três riram e continuaram a lavar a roupa. Os dias foram passando, e elas se encontravam quase sempre. Joana continuava a contar coisas sobre o Brasil. Rosa Maria sabia que o Brasil era uma colônia de Portugal. Sabia que ficava distante. Agora é que estava conhecendo outras coisas por meio de Joana. Os móveis, as cortinas, tudo de primeira. O quarto da menina Maria Luísa parece o quarto de um conto de fadas. Igual ao quarto de uma princesa.

Quando Joana acabou de falar, Rosa Maria suspirou e falou: Gostaria de conhecer essa casa, principalmente esse quarto. Eu também gostaria muito. Vocês olham tudo e matam a curiosidade. Rosa Maria ficou encantada com a idéia. Quando terminar, tudo que tem para fazer é só nos pegar e voltaremos. Tudo bem? Foram para o povoado. Elas desceram da carroça.

Tapetes e cortinas combinando. A sala era imensa, com porta-vela de prata espalhados pelas paredes para que a mesma fosse iluminada.

Uma cristaleira de madeira maciça com muitos pratos e copos. Muito limpo, sem nem sequer um pouco de pó. Joana levou-as até o quarto da moça da casa. Quando o abriu, Rosa Maria e Isabel ficaram paradas, olhando da porta, sem ter coragem de entrar.

Todo decorado em rosa, exatamente a cor que Rosa Maria mais gostava. Entraram devagar, olhando tudo curiosamente. A cama era imensa, com uma linda colcha rosa feita de crochê, sobre um forro também rosa. As cortinas de crochê eram de um rosa mais escuro. Rosa Maria foi se aproximando devagar da cama. Olhou para as outras duas e falou, rindo: Estou louca de vontade de fazer uma coisa. Antes que as duas tivessem tempo de falar, ela se jogou em cima da cama.

Começou a pular, rindo como se fosse uma criança. Olharam para a porta. Rosa Maria sentou-se na cama, parada, olhando. Joana, assustada, falou: Desculpe senhorita. Elas nunca viram uma casa igual a esta.

Eu as convidei para conhecê-la. Foi só por curiosidade.

ELISA MASSELLI BAIXAR

Perdoe-me, por favor. Tudo bem que vejam a casa, mas ela precisava ficar pulando em cima de minha cama? Só nesse momento, Rosa Maria se deu conta de que continuava. Meu nome é Rosa Maria. Daqui a pouco meu pai vem nos buscar.

À Beira da Loucura - Elisa Masselli

Era só para olhar. Como é mesmo seu nome? Rosa Maria, senhorita. Se aceitarem tomar um lanche comigo. Rosa Maria falou: Boa idéia. Estou tremendo! Todas riram e saíram. Todas concordaram com a cabeça e foram para a cozinha. Maria Luísa, Rosa Maria e Isabel sentaram-se à mesa. Joana sentou-se. Papai e Rodolfo foram para o povoado. Cheguei louca de saudade de tudo aqui. Principalmente da comida de Maria falou olhando para a cozinheira, que sorriu agradecida. Rosa Maria, que a princípio assustara-se, estava agora olhando aquela mocinha à sua frente.

Muito bonita, com cabelos louros, compridos, pele clara e olhos azuis. Devia ter mais ou menos a sua idade. Maria Luísa, olhando para ela, voltou a perguntar: Desculpe, mas esqueci. Como é o seu nome, mesmo? Pare com isso! Devemos ter a mesma idade. Quantos anos você tem? Dezesseis, vou fazer dezessete em novembro. Também tenho dezesseis, mas só vou fazer dezessete em dezembro.

Sou mais nova que você. Por isso pode parar com essa de senhorita. Meu nome é Maria Luísa. Quebrado o gelo por Maria Luísa, que as deixou à vontade, logo estavam conversando como se fossem velhas amigas. Gostaram da casa? Achei linda! Nunca tinha visto coisa igual. Papai fez do jeito que eu sonhei. Ficaram conversando ainda por um tempo, enquanto Maria Luísa falava de sua recente viagem. Quando o senhor Tadeu chegou, elas estavam prontas. Ao despedirem-se, Maria Luísa falou: Fiquei muito feliz em conhecê-las.

Gostei muito de vocês. Maria Luísa prometeu que falaria com os pais. Se eles permitissem, iria com todo o prazer. Irei, sim. Pode ter certeza. As meninas subiram na carroça e partiram felizes. No caminho, foram contando tudo o que acontecera e como Maria Luísa as tratara. Quando Rosa Maria parou de falar, ela disse: A vida é mesmo assim. Conhecemos nela muitas pessoas. Devemos sempre agradecer a Deus quando encontramos pessoas boas. E as ruins também, pois com elas nos aperfeiçoamos cada vez mais.

Maria Luísa também contou aos pais o acontecido, omitindo a parte da cama e da cozinha. Ela sempre viveu com muito conforto.

Seu falecido avô, Dom Luis, fidalgo de família, era um conde que vivia dentro da corte portuguesa. Com isso, conseguiu muito dinheiro e terras, o que fez com que seu filho, Dom Carlos, pai de Maria Luísa, gozasse até aquele dia de muita influência na corte.

Homem orgulhoso, Dom Carlos sempre usou seu poder para conseguir tudo o que queria. Estava, agora, com quarenta e cinco anos. Casara-se com dona Matilde, também da corte e com fortuna. O casamento foi arranjado por seus pais.

Conheceram-se uma semana antes do casamento. Fora de casa, Dom Carlos fazia o que fosse preciso para conseguir o que queria. Era temido e respeitado no mundo dos negócios. Em casa, tratava os filhos e a esposa com carinho e respeito. Eu os adoro.

O importante é que tenham sempre tudo de que precisam. Ele a adorava e ela sabia. Assim, a fortuna da família aumentaria. Ele ouvia tudo o que Maria Luísa falava a respeito das novas amigas. Moram afastados, e é muito longe. Deveriam tratar com respeito qualquer pessoa, independentemente de sua classe social. Assim, poderei protegê-la, caso aconteça alguma coisa. Nossa filha é muito sozinha, precisa de amigas. Ela pode ter quantas quiser na corte.

Vivem como eu. Gostaria de conhecer pessoas diferentes e saber como vivem. Seu pai, bravo, falou: Fique calada! Sei o que é bom para você. O que aprenderia com essas pessoas? Maria Luísa percebeu que havia falado em hora errada. Mudou o tom de voz e disse: Papai, desculpe-me, é que gosto tanto da vida no campo e de flores que, quando Rosa Maria me falou de seu jardim, fiquei louca para conhecê-lo.

Também gosto do campo e de flores. Seu pai ainda tentou evitar. Naquele tempo, havia uma respeitosa distância entre pais e filhos, principalmente entre pai e filha. Eu e Rodolfo partiremos na sexta-feira para o Brasil. Poderei conhecer a família e essas meninas que tanto impressionaram Maria Luísa.

Aproveitando o momento em que. Foram para Lisboa, onde pegariam um navio que os levaria para o Brasil. Dom Carlos, fiel servidor do imperador, soube que os portugueses com dinheiro obtinham favores da corte, podendo ganhar terras do imperador e assim conseguir muito dinheiro. Sua idéia era ir até a colônia, investigar e adquirir terras. Sabia que o clima no Brasil era bom. Foi convidado pelo imperador para exercer um cargo de confiança junto a ele.

Se gostasse do cargo e do país, mudaria com. Se dona Matilde gostasse das meninas e da família, permitiria que sua filha as visitasse. Por tudo que Maria Luísa contara, eram simples, autênticas e, com certeza, seriam amigas sinceras. Dona Maria Teresa preparou um almoço especial, com galinha assada, verduras e batatas colhidas na horta. A mesa foi enfeitada com flores e frutas.

Depois do almoço, os mais velhos ficaram conversando. Os jovens foram passear. Depois foram ao riacho, onde eram lavadas as roupas e onde havia os encontros. Maria Luísa estava encantada com tudo aquilo, com o modo como aquelas pessoas viviam: simples, porém com muita felicidade.

A conversa transcorria alegremente. A certa altura, Isabel confidenciou algo que nem mesmo Rosa Maria, sua melhor amiga, sabia: Tenho algo para contar. Estou começando a namorar José.

Rosa Maria ficou feliz, pois além de Isabel ser sua melhor amiga, ela seria também sua cunhada. Em seguida, Rosa Maria comentou com Maria Luísa sobre o sonho e sobre o rapaz do rio que tanto a impressionou. Nem eu, Maria Luísa.

Título: Quando o passado não passa Médium: Elisa Masselli Páginas: 346. Sinopse

Foi só um sonho. Dona Maria Teresa também levou dona Matilde para conhecer as belezas do sítio. Foram ao riacho e encontraram as três moças, rindo felizes. Cada uma, por sua vez, repetiu: Juro! Dona Maria Teresa e dona Matilde chegaram ao exato momento em que elas estavam fazendo o juramento. Quando Maria Luísa as viu, chamou-as e, rindo, falou: Que tal as senhoras também fazerem um juramento de nos proteger para sempre? Eu, Matilde, juro proteger Rosa Maria e Isabel para sempre.

Todas riram. Voltaram para a casa. Dona Matilde despediu-se de todos e agradeceu pelo dia maravilhoso que passara. Convidou o senhor Tadeu e família para também irem passar um dia com elas. Foi realmente um dia muito bom para todos. Desse dia em diante, a amizade entre as duas famílias foi se tornando cada vez maior, forte e sincera. Tadeu estava agora com vinte e cinco anos.